Tamanho do texto

Contrato de empréstimo com o atacante se encerra em agosto do ano que vem, mas ele pode sair antes do Brasil

Robinho, atacante do Santos
Getty Images
Robinho, atacante do Santos

Já sem ter o que almejar no ano, o Santos tenta planejar 2015 dentro do que é possível. Com as eleições presidenciais marcadas para 6 de dezembro, o clube fica engessado e impossibilitado de fazer muitas projeções. Porém, seja quem for a assumir o comando para o próximo triênio, um objetivo claro é segurar Robinho. Nesta segunda-feira, durante evento em uma das lojas oficiais do Santos, o camisa 7 admitiu que já foi procurado por outros times.

"Para ser sincero, tem algumas sondagens, mas proposta oficial não tem nenhuma, não", disse o jogador, sempre deixando claro que não tem intenção de sair. "O meu (objetivo) é de permanecer no clube pelo máximo de tempo possível. Tomara que eu possa ficar o ano que vem e mais anos ainda. Quero continuar dando alegria a torcida do Santos. Espero que isso possa acontecer. Claro que a gente não sabe se essa diretoria vai continuar ou vai mudar, mas eu quero continuar dando alegria à torcida", completou.

Técnico do Santos fala sobre eventual saída de Gabriel e guarda Damião para 2015

O contrato de empréstimo de Robinho com o Santos é válido até agosto do ano que vem. Porém, o Milan , clube italiano, dono de seus direitos federativos até junho de 2016, tem total liberdade em vendê-lo, caso alguma agremiação deseje levar o craque em definitivo.

"O Milan é dono do meu passe. Tenho mais um ano de contrato com eles, então, não depende só de mim. No que depender de mim, vou fazer de tudo para continuar no Santos", explicou.

Palmeiras ameaça Corinthians em sócios-torcedores. Veja a lista dos 10 primeiros

A janela de transferências, no Brasil, fica aberta de 1º de janeiro a 31 de março. Na Europa, o período é de 1º janeiro a 2 de fevereiro. E, nos Estados Unidos, mercado que já demostrou interesse em ter o ídolo santista, as contratações podem ser feitas de 12 de fevereiro a 6 de maio.

Desgaste

Aos 30 anos, Robinho nunca sofreu tanto com lesões como nesta meia temporada pelo Peixe. Pela primeira vez na carreira, teve problemas musculares, além de sentir o desgaste físico em função do acúmulo de partidas. Questionado se pensa em antecipar suas férias, já que o Santos não tem mais nada em jogo, o atacante refutou a ideia, mas confirmou a ideia de voltar mais cedo para aprimorar a parte física.

"Quero jogar todos, gosto de jogar sempre, não tem que escolher. Mas penso em antecipar, sim. Eu dependo do meu corpo e, se eu estiver bem fisicamente, a probabilidade de eu jogar bem é muito grande. Se eu ficar, espero me cuidar melhor para evitar lesões", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.