Tamanho do texto

Foram três jogos seguidos fora de casa e agora time gaúcho precisa de vitória para se manter na luta por um lugar no G4

Depois de jogar três vezes seguidas fora de casa, o Internacional enfim se reencontrará com sua torcida. Neste domingo, a equipe do técnico Abel Braga receberá o Goiás , no Beira-Rio, às 17h (de Brasília). A necessidade é uma só: vencer os esmeraldinos, que nada mais disputam no campeonato, para retomarem aproveitamento de G-4 - o time de Abelão é o 3º colocado, com 57 pontos, mas tem uma partida a mais que seus concorrentes, e pode cair até três posições quando estes cumprirem os jogos que têm a menos.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O retorno ao lar pode ser o retorno da paz ao Beira-Rio. O Inter chega para o confronto deste domingo pressionado: depois de quebrar um tabu histórico e finalmente vencer o Santos na Vila Belmiro, a equipe rubra foi goleada pelo rival Grêmio por 4 a 1 no último final de semana, iniciando uma crise que nem mesmo o empate em 1 a 1 com o São Paulo, no Morumbi, foi capaz de minimizar.

Inter venceu o Goiás por 1 a 0 na partida entre os dois times no primeiro turno do Brasileirão
Futura Press
Inter venceu o Goiás por 1 a 0 na partida entre os dois times no primeiro turno do Brasileirão


"Dosar não é uma palavra a se colocar neste momento", afirmou o volante Willians, expressando o sentimento colorado de buscar a vitória sobre o Goiás. A partida deste domingo abrirá uma sequência de três confrontos seguidos em casa. O Colorado folgará no próximo meio de semana, e na rodada seguinte receberá o Palmeiras. Uma semana depois, o adversário será o Atlético-MG. Na última partida, jogará em Florianópolis diante do Figueirense.

Abel não abre o time que entrará em campo neste final de semana, mas uma coisa é praticamente certa: o esquema 3-5-2, utilizado no Morumbi, foi emergencial e não será repetido. Neste caso, abre-se uma disputa por duas vagas na zaga, com Alan Costa e Ernando surgindo como favoritos e Paulão correndo por fora na disputa. De resto, o time é puro mistério. Há ao menos quatro dúvidas na escalação da equipe titular.

Dois retornos são certos: D’Alessandro, que volta após dores musculares, e Willians, que cumpriu suspensão em São Paulo e entra em campo de ficha limpa. O chileno Aránguiz, por outro lado, é baixa certa, já que disputará amistoso por sua seleção. As principais dúvidas são Nilmar e Jorge Henrique: ambos sentem dores, não treinaram nesta sexta e podem não atuar no final de semana. Fabrício, expulso diante do Tricolor Paulista, dará lugar a Alan Ruschel na lateral esquerda.

O Goiás pouco tem a disputar no campeonato. Livre de qualquer risco de queda, o time alviverde tem 44 pontos, dez à frente do primeiro ocupante da zona de rebaixamento. O G-4 está distante 13 pontos. Faltando apenas cinco jogos a disputar, a diretoria já pensa na temporada 2015.

A fase em campo não é ruim. No domingo, a equipe do técnico Ricardo Drubscky obteve uma boa vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, no Serra Dourada. As baixas para o jogo em Porto Alegre são os dois zagueiros titulares, Jackson e Pedro Henrique. Alex e Felipe Macedo são seus prováveis substitutos.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X GOIÁS

Local : Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data : 16 de novembro de 2014, domingo
Horário : 17h (de Brasília)
Árbitro : Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes : Alessandro Rocha Matos (Fifa-BA) e Adson Márcio Lopes Leal (BA)

INTERNACIONAL : Alisson; Wellington Silva, Alan Costa (Paulão), Ernando e Alan Ruschel; Willians, Bertotto (Ygor), Alex, D’Alessandro e Alan Patrick (Jorge Henrique); Rafael Moura (Nilmar ou Wellington Paulista)
Técnico : Abel Braga

GOIÁS : Renan; Moisés, Felipe Macedo, Alex e Felipe Saturnino; Amaral, David, Thiago Mendes, Ramon e Esquerdinha; Erik
Técnico : Ricardo Drubscky

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.