Tamanho do texto

Clube já tinha 40% e terá a ajuda da Doyen Sports para dobrar a sua participação de uma das principais promessas da equipe

O Santos deixou encaminhada a compra de mais 40% dos direitos econômicos de Lucas Lima. O clube, que já tinha 40%, terá a ajuda da Doyen Sports para dobrar a sua participação. Os 20% restantes ficarão divididos igualmente entre a Khodor Soccer e o Internacional, ex-clube do meia.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro 

Para adquirir a nova fatia da Khodor, a agremiação praiana contará com um pagamento de R$ 2,5 milhões da Doyen - mesmo fundo que havia financiado a compra dos 40% iniciais e bancado a contratação de Leandro Damião. O Santos tem de devolver a quantia em cinco anos, com juros anuais de 10%.

Lucas Lima chegou ao Santos no início do ano e é uma das principais apostas do clube
Site oficial
Lucas Lima chegou ao Santos no início do ano e é uma das principais apostas do clube

As tratativas se arrastam desde janeiro, quando o clube acordou a compra de 80% dos direitos econômicos do atleta. Como o pagamento de 40% foi adiado, a Khodor também renegociou o valor, argumentando que o dólar subiu e que o meia apresentou um ótimo desempenho.

Apesar de se tornar dono de 80% dos direitos econômicos de Lucas Lima, o Santos não vai faturar 80% da grana de uma futura transferência. Na complexa operação financeira, a Doyen ficará com 80% do lucro na operação - não do valor total -, cabendo os 20% ao time da Vila Belmiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.