Tamanho do texto

"Não acredito que eles vão ficar retrancados lá, porque precisam ganhar. Vamos ser atacados também", disse o goleiro

A habitual dificuldade do Corinthians contra adversários retrancados será menor, para Cássio, no domingo. Na visão do goleiro, o vice-lanterna Bahia terá de buscar o ataque por causa de sua situação desesperadora na tabela e dará ao jogo uma característica mais interessante ao time alvinegro.

Confira a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

"Não acredito que eles vão ficar retrancados lá, porque precisam ganhar. Vamos ser atacados também, e vão aparecer as chances de gol", afirmou o arqueiro, que projeta seis pontos ganhos no duelo de Salvador e na partida contra o Goiás, na próxima quarta, em Belém.

Cássio, goleiro do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Cássio, goleiro do Corinthians

Atual sexto colocado do Campeonato Brasileiro - com os mesmos 57 pontos do Internacional, que é o terceiro e tem um jogo a mais -, o Corinthians briga por uma vaga na Copa Liberadores nas cinco rodadas derradeiras. Vencer os próximos jogos deixará a meta bem mais perto.

"Mesmo sendo fora esses jogos, no momento em que a gente está, temos que pensar em ganhar os dois. Depois, é impor o nosso mando e ganhar as partidas aqui. Falam que precisamos de dez pontos, mas a gente não sabe exatamente. Cada jogo vai ser uma decisão", comentou Cássio.

O goleiro procurou dar maior importância às próximas duas decisões. Na sequência, o Corinthians duelará com Grêmio e Fluminense, adversários diretos por vaga na Libertadores. "Todos os jogos são importantes. Mas, dependendo dos dois próximos resultados, podemos até jogar os confrontos diretos pensando em não perder."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.