Tamanho do texto

Ainda segundo o diário alemão Der Spiegel, o presidente da Fifa teria chamado os árabes de arrogantes

Joseph Blatter, presidente da Fifa
Divulgação
Joseph Blatter, presidente da Fifa

De acordo com publicação do diário alemão Der Spiegel, Joseph Blatter, presidente da Fifa, teria revelado a membros da Federação Norueguesa que a Copa do Mundo de 2022 não será realizada no Catar. A conversa teria acontecido durante um jantar, no último dia 13 de outubro, em Oslo, capital da Noruega.

Valcke diz que Copa de 2022 deve ser disputada durante o inverno

Ainda segundo a notícia, Blatter teria chamado os árabes de arrogantes, que pensam que podem fazer tudo com o dinheiro que possuem. Além disso, o presidente da Fifa criticou o fato de alguns xeques do Catar supostamente apoiarem milícias terroristas do Estado Islâmico.

Dirigente da Fifa acredita que a Copa de 2022 não será realizada no Catar

A Fifa, por meio de um comunicado oficial de um porta-voz, negou qualquer possibilidade de que a Copa do Mundo de 2022 não seja realizada no país do Oriente Médio, apesar de toda polêmica envolvendo a organização do evento, bem como compra de votos e o clima quente no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.