Tamanho do texto

Já os potiguares seguem na zona de rebaixamento e tentando escapar da degola nas rodadas finais do campeonato

O Boa Esporte segue surpreendendo os adversários na Série B do Brasileiro . Nesta sexta-feira, a equipe mineira foi até o Rio Grande do Norte e venceu o América-RN, de virada, por 3 a 1, em plena Arena das Dunas, entrando momentaneamente no G4 da competição nacional. Já os potiguares seguem na zona de rebaixamento e tentando escapar da degola nas rodadas finais.

Confira a classificação e os próximos jogos da Série B do Brasileiro

O América-RN abriu o placar com Isac. O Boa Esporte empatou na primeira finalização da equipe no jogo. Tomas fez jogada individual e anotou um gol de placa, com um belo toque por cobertura. O próprio camisa 8 virou o jogo em cobrança de falta e Fernando Karanga fechou a contagem. O triunfo colocou o Tricolor de Varginha no G4 com 53 pontos, mas vai precisar torcer contra Atlético-GO e Santa Cruz para manter a posição. Já o Mecão estaciona nos 36 pontos.

Na sequência da Série B do Brasileiro, o Boa Esporte vai visitar o Sampaio Corrêa, duelo marcado para o dia 15 deste mês no estádio Castelão. Já o América-RN terá compromisso na mesma data, porém, duelando contra o Icasa, no estádio Nazarenão, em Goianinha-RN.

O jogo

Atuando fora de casa, o Boa Esporte iniciou a partida procurando cadenciar o jogo, valorizando a posse de bola, mas a proposta dos potiguares era diferente. O Dragão tentava a todo o momento acelerar o ritmo do jogo, dando dinamismo ao confronto. No duelo tático, o América-RN foi mais bem sucedido.

Logo aos cinco minutos, Ciro Sena derrubou o atacante Daniel Costa dentro da área, o árbitro Claudio Francisco Lima e Silva não titubeou e marcou pênalti. A torcida na Arena das Dunas se animou, mas na cobrança, Rodrigo Pimpão mandou no canto esquerdo de João Carlos, que foi bem na bola e fez grande defesa, garantindo o placar na igualdade sem gols.

Os americanos seguiram na pressão, e aos dez minutos não teve jeito, e Isac aproveitou ótima assistência de Walber e fuzilou o goleiro boveta, abrindo os trabalhos em Natal. Mesmo com a abertura do marcador, o Mecão seguiu controlando as ações e acuando os mineiros no campo de defesa.

A situação dos visitantes poderia ter se agravado ainda mais quando o técnico Nedo Xavier perdeu dois jogadores machucados no primeiro tempo. As mudanças, porém, surtiram efeito, e na primeira finalização da Coruja o placar voltou a trabalhar. Aos 18, Tomas fez jogada individual, e da entrada da área, teve calma, tranquilidade e frieza para tocar por cobertura, anotando um belo gol na Arena das Dunas, deixando tudo igual no marcador.

Após o empate, o Boa Esporte voltou a compactar as linhas de marcação, esperando o erro adversário para tentar encaixar o contra-ataque. Com essa atitude, os mineiros chamaram o América-RN para o campo de ataque, e o Dragão seguiu criando as melhores chances para marcar o segundo gol.

Na volta para etapa complementar, o cenário permaneceu praticamente inalterado, com o América-RN atacando mais, e o Boa Esporte saindo no contra-ataque. A diferença foi que os mineiros conseguiram levar um pouco mais de perigo. Fernando Karanga perdeu ótima chance e William Magrão acertou o travessão de Andrey, nas melhores oportunidades.

Os dois lances motivaram a Coruja do Sul de Minas, que aos 15 conseguiu virar o jogo na Arena das Dunas. Tomas cobrou falta com maestria, acertando o canto esquerdo de Andrey, que se esticou todo, mas não evitou o gol boveta. A virada no marcador irritou o técnico Roberto Fernandes e o nervosismo tomou conta da equipe potiguar, que continuou atacando muito, porém, de forma atabalhoada.

Com a bola nos pés, os visitantes sabiam o que fazer, e executavam com mais qualidade as jogadas. Aos 25, Clebson mostrou visão de jogo e lançou Marinho Donizete, que não conseguiu dominar bem, a bola sobrou para Fernando Karanga, que mostrou o faro de gol para dilatar a contagem e garantir o time de Varginha no G4 da Série B.

FICHA TÉCNICA
AMÉRICA-RN 1 x 3 BOA ESPORTE

Local : Arena das Dunas, em Natal (RN)
Data : 7 de novembro de 2014, sexta-feira
Horário : 19h30 (de Brasília)
Árbitro : Claudio Francisco Lima e Silva (CE)
Assistentes : Ivaney Alves de Lima (SE) e Lincoln Ribeiro Taques (SE)
Cartões amarelos : Judson e Fabinho (América-RN) Ciro Sena, Willian Magrão e Thiago Carvalho (Boa Esporte)

GOLS
AMÉRICA-RN: Isac (aos dez minutos do primeiro tempo)
BOA ESPORTE: Tomas (aos 18 minutos do primeiro tempo e aos 15 do segundo tempo) e Fernando Karanga (aos 25 minutos do segundo tempo)

AMÉRICA-RN: Andrey; Walber, Cleber, Lázaro e Wanderson; Fabinho (Alfredo), Judson (Neto), Daniel Costa (Márcio Passos) e Arthur Maia; Rodrigo Pimpão e Isac
Técnico : Roberto Fernandes

BOA ESPORTE : João Carlos; Tinga (Edmar), Ciro Sena, Thiago Carvalho e Marinho Donizete; Willian Magrão, Vinícius Hess, Wellington, Tomas (Willian Favoni) e Clebson; Diego (Fernando Karanga)
Técnico : Nedo Xavier

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.