Tamanho do texto

Tobio alerta o time para vontade do adversário deste sábado e prefere não contar vitória antes do tempo

A poucos metros do gramado onde o técnico Dorival Júnior comandava um treinamento coletivo na Academia de Futebol, na manhã desta quinta-feira, uma televisão atraía a atenção com a reprise de mais uma dramática classificação do Atlético-MG na Copa do Brasil. O algoz do Flamengo será o adversário do Palmeiras na noite de sábado, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

"Mas não vamos confiar em quem está dizendo que eles estão cansados", advertiu o zagueiro Fernando Tobio, com um tropeço palmeirense em mente. "Quando jogamos com o Santos, também falavam isso. É preciso aprender com as experiências. Se pensarmos mais em nós mesmos, as nossas possibilidades aumentarão", completou.

De qualquer forma, o tempo está a favor do Palmeiras. Dorival Júnior teve uma semana cheia para testar formações em sua equipe e corrigir alguns equívocos. Nesta manhã, por exemplo, ele gastou a voz e interrompeu diversas vezes a atividade coletiva para instruir os jogadores."A semana larga é boa para descansar, mas não ajuda tanto. Aqui, sempre se joga quarta, quinta, domingo... Não varia muito. Os times já estão acostumados", continuou a minimizar Tobio.

Nem mesmo a preocupação do Atlético-MG com a final da Copa do Brasil, contra o rival Cruzeiro, fez o zagueiro do Palmeiras mudar de ideia em relação a uma possível vantagem no fim de semana. "Eles também estão focados no Brasileirão, brigando pela Libertadores. Então, será igual para os dois", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.