Tamanho do texto

Julgamento ocorrerá nesta quarta-feira e clube poderá perder de um a dez mandos de campo se for considerado culpado

Identificar os torcedores que invadiram o campo da Arena Pantanal, no último dia 22, logo após o triunfo sobre o Vitória , não impediu a denúncia do Corinthians . O clube do Parque São Jorge será julgado na próxima quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

Incursa no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), a agremiação alvinegra responderá pelo artigo II: "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo". A pena é a perda de um a dez mandos de campo, com multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

O departamento jurídico do Corinthians usará em sua defesa o parágrafo terceiro do artigo em questão, porque os torcedores que invadiram o campo - para pedir autógrafos e fotos - foram detidos e identificados. Seus nomes foram anexados à sumula da partida, o que, segundo tal parágrafo, "exime a entidade de responsabilidade."

Candidato à presidência do Corinthians fala em trocar Pato por Tevez

A equipe foi atuar em Cuiabá justamente porque havia perdido um mando de campo por confusão entre seus torcedores. A partida contra o Vitória foi vendida à capital de Mato Grosso por R$ 1 milhão, mas a empresa responsável pela compra, que teve prejuízo com um público baixíssimo, só pagou R$ 250 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.