Tamanho do texto

Jogador da seleção foi morto a tiros no último domingo. Enterro será hoje, no Estádio Moses Mabhida, em Durban

Senzo Meyiwa (à esq.) defendendo o Orlando Pirates no clássico sul-africano contra o Kaizer Chiefs
Getty Images
Senzo Meyiwa (à esq.) defendendo o Orlando Pirates no clássico sul-africano contra o Kaizer Chiefs

A polícia sul-africana divulgou a prisão de um dos suspeitos de matar o goleiro Senzo Meyiwa , do Orlando Pirates e da seleção nacional na última semana. Segundo o comunicado oficial, Zenokuhle Mbatha, de 25 anos, irá ao Tribunal no dia 11 de novembro e foi detido por prevenção, acusado de envolvimento no caso.

"Ainda há muito trabalho a ser feito para finalizar a investigação e assegurar que podemos ligar todos os suspeitos do assassinato. Devemos ressaltar que o Sr. Mbatha é considerado um suspeito no momento que, portanto, nós seguiremos em frente", diz o comunicado.

Leia mais: Goleiro da seleção sul-africana de futebol é assassinado

Ainda de acordo com a nota oficial, a prisão de Mbatha foi executada com a ajuda de testemunhas, que levaram ao suspeito. As investigações não estão encerradas.

Entenda o caso

Senzo Meyiwa foi morto a tiros na noite do último domingo (26), em Vosloorus, cidade da província de Gauteng, próxima a Joanesburgo. O enterro do jogador sul-africano acontecerá neste sábado, no Estádio Moses Mabhida, em Durban.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.