Tamanho do texto

Fred e Conca garantiram o triunfo em Goiânia por 2 a 0 e time carioca chega aos 54 pontos no Campeonato Brasileiro

O Fluminense foi a Goiânia neste sábado à noite e, mesmo sem ser brilhante, fez o suficiente para vencer o Goiás por 2 a 0, pela trigésima segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Fred, no preimeiro tempo, e Conca, nos minutos finais, deram números ao confronto.

Jogadores do Fluminense comemoram o gol de Fred contra o Goiás, no Serra Dourada
Adalberto Marques/Agif/Gazeta Press
Jogadores do Fluminense comemoram o gol de Fred contra o Goiás, no Serra Dourada

O resultado, quarta vitória consecutiva do Tricolor na competição, recoloca, pelo menos até este domingo, o time carioca no G-4, com 54 pontos.

Na próxima rodada, o Fluminense visita o Coritiba no Couto Pereira no sábado. Já o Goiás recebe o Bahia no domingo.

O jogo

O primeiro tempo no Serra Dourada começou morno, com o Goiás com maior posse de bola e o Flu ousando mais. Mas as duas equipes tinham dificuldades de chegar à área adversária.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

O Tricolor conseguiu uma sequência antes dos dez minutos. Aos 7, Conca enfiou uma bola com perfeição para a entrada de Chiquinho pela esquerda. O lateral tentou duas vezes o cruzamento rasteiro, mas a defesa conseguiu afastar e cedeu o escanteio. No minuto seguinte, Renan afastou de soco um cruzamento de Walter que mirava o atacante Fred.

O Goiás só chegou pela primeira vez aos 13, em cruzamento de Lima que Edson interceptou. A equipe Goiana não conseguia se organizar do meio para frente e apelava para o chuveirinho na área do Flu.

O jogo começou a esquentar a partir dos 20 minutos. Chiquinho cobrou escanteio na área e Guilherme Mattis acertou o cabeceio. A bola bateu no defensor goiano e voltou para Fred, que acertou chute forte que parou em outro jogador do Verdão.

O Goiás respondeu com a melhor chance do jogo até aquele momento. Boa trama pela direita, Moisés recebe lançamento em profundidade e tem dois companheiros livres pelo meio. Ele acerta o passe para Bruno Mineiro, que fica cara a cara com Diego Cavalieri e chuta para fora.

A punição pelo lançe não tardou, e aos 26 os cariocas abriram o placar. Da entrada da área, Conca tocou para Jean livre pela direita. Ele avançou a cruzou rasteiro, a zaga não cortou e a bola sobrou para Fred, do outro lado, só tocar para o gol vazio: 1 a 0.

A partir do gol, o Fluminense recuou muito e deixou o Goiás crescer no jogo. A equipe do Centro-Oeste passou a dominar o jogo e chegou muito perto do empate em três ocasiões.

Aos 31, Erick recebeu de Esquerdinha pela direita, entrou na área e chutou cruzado, mas Cavalieri fez a defesa. Dez minutos depois, o mesmo Erick arriscou da meia lua e novamente o goleiro do Flu impediu o gol de empate.

O lance mais incrível aconteceu no último minuto da primeira etapa. O Goiás pressionava o Flu, e Thiago Mendes, da linha lateral da área pela direita, levantou. A zaga cabeceou para o alto e David acertou lindo voleio de primeira no ângulo. A bola passou por Cavalieri e Guilherme Mattis tirou de peito em cima da linha.

O segundo tempo começa com o Goiás ainda controlando o jogo, mas o Flu se fechou bem e os goianos não conseguiam penetrar na defesa carioca e voltaram a abusar do chuveirinho na área. Foram precisos 20 minutos para o Goiás produzir uma boa jogada de ataque e se aproximar do gol de empate. Thiago Mendes foi lançado pela direita, entrou na área e bateu cruzado, mas Cavalieri estava lá para defender.

Na metade do segundo tempo, o Goiás caiu de ritmo e o Flu resolveu pisar no acelerador. Aos 26, os comandados de Cristóvão Borges encaixam um bom contra-ataque: Rafael Sobis, que substituíra Walter, tocou para Fred, que deu para Jean acertar bom chute, mas que saiu pela linha de fundo.

O Flu chegou perto do segundo gol aos 33. Na cobrança de uma falta, Conca levantou no segundo pau e Wagner mandou de primeira, mas o zagueiro Jackson apareceu para salvar o Goiás.

Aos 44, Kenedy, que acabara de entrar no lugar de Fred, roubou uma bola e armou o contra-ataque rápido. A bola passou por Wagner, depois Chiquinho e acabou nos pés de Conca, que mandou para o fundo da rede e decretou a vitória Tricolor em Goiânia.

O árbitro ainda deu cinco minutos de acréscimo, mas o Fluminense soube administrar a vantagem e garantir sua décima quinta vitória nesta edição do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 0 X 2 FLUMINENSE

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 1 de novembro de 2014 (Sábado)
Horário: 19h30(de Brasília)
Renda: R$ 84.655,00
Público: 3.985 pagantes
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Pablo Almeida da Costa (MG)

Cartões amarelos: Edson, Chiquinho, Diguinho (Flu)

Gols:
FLUMINENSE: Fred, aos 26 min do 1º tempo; Conca, aos 44 min do 2º tempo

GOIÁS: Renan, Moisés (Felipe Saturnino), Pedro Henrique, Jackson e Lima; Amaral, David (Tiago Real), Thiago Mendes e Esquerdinha; Erik e Bruno Mineiro (Murilo)
Técnico: Ricardo Drubscky

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Elivelton, Guilherme Mattis e Chiquinho; Edson, Jean (Diguinho), Wágner e Darío Conca; Walter (Rafael Sobis) e Fred (Kenedy)
Técnico: Cristóvão Borges

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.