Tamanho do texto

Meia provocou corintianos no final do jogo e pouco depois de ser substituído viu rival empatar o dérbi nos acréscimos

O meia Valdivia, que atuou a maior parte do clássico sentindo dores na bacia, pediu desculpas por não ter conseguido dar a vitória ao Palmeiras sobre o Corinthians, neste sábado. Por meio das redes sociais, o jogador ainda agradeceu à torcida que compareceu ao estádio do Pacaembu.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Obrigado pela presença de todos hoje (sábado) no estádio e desculpa por não termos dado essa vitória que tanto merecíamos...", escreveu o jogador, que chegou a irritar os corintianos nos minutos finais, quando segurou a bola perto da bandeira de escanteio no ataque e levou uma falta mais dura de Gil.

Valdivia teve atuação discreta no dérbi paulistano
Friedemann Vogel/Getty Images
Valdivia teve atuação discreta no dérbi paulistano

Mais uma vez, Valdivia coordenou as jogadas ofensivas do Palmeiras neste sábado, mas quase foi substituído no primeiro tempo, pois, logo no início da partida, sofreu uma pancada no lado esquerdo da bacia, em disputa com Elias.

O chileno colocou a mão na região atingida várias vezes durante a partida e recebeu atendimento médico, permanecendo até os 42 minutos do segundo tempo, quando deixou o jogo para a entrada de Felipe Menezes, pouco antes do empate do Corinthians.

Além de lamentar pelo placar, Valdivia também se pronunciou sobre a morte do torcedor João Correia Leal Filho, de 60 anos, que sofreu um infarto no momento do gol do Palmeiras e foi encaminhado ao hospital, onde morreu.

"Também gostaria de dar meus pêsames aos familiares e amigos do palmeirense João Correia Leal Filho, que nos deixou nesta tarde. Que Deus o tenha e que dê muita força à família. Hoje é um dia de luto para toda a nação palmeirense", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.