Tamanho do texto

Nei Pandolfo afirmou que o clube entrará na CBF contra Felipe Gomes da Silva por jogo contra o Atlético-MG

A diretoria do Sport considerou o árbitro Felipe Gomes da Silva como principal responsável pela derrota da equipe pernambucana para o Atlético-MG, por 3 a 2, em partida disputada no estádio Independência neste sábado. Após a partida, o executivo de futebol rubro-negro, Nei Pandolfo, disse que o Sport apresentará à CBF um protesto formal contra o árbitro.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

"No lance de hoje (sábado), não houve falta (o pênalti que originou o primeiro gol do Atlético-MG). Ele (Felipe Gomes da Silva) ‘marcou’ Diego Souza em campo. É um juiz caseiro e tem nos prejudicado constantemente", esbravejou Pandolfo, que garantiu que o Sport foi prejudicado pelo mesmo árbitro nos jogos contra Cruzeiro e Internacional.

Além de atacar a arbitragem, o dirigente da equipe pernambucana garantiu a permanência do técnico Eduardo Baptista, que vê a pressão aumentar à medida que os resultados negativos se acumulam: já são oito partidas sem vencer.

Com 37 pontos, o Sport passou a admitir nos últimos dias que o principal objetivo neste momento é permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro. A distância para o Botafogo, primeiro time da zona de rebaixamento, é de quatro pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.