Tamanho do texto

No procedimento que durou cerca de quatro horas foram colocadas placas e parafusos para auxiliar na recuperação da fratura no osso frontal da testa de Alecsandro

Alecsandro, atacante do Flamengo
O DIA/REPRODUÇÃO
Alecsandro, atacante do Flamengo

Após chocar a testa com a cabeça do zagueiro Cleber, do América-RN, na noite de quarta-feira, quando o Flamengo venceu e se classificou para a final da Copa do Brasil, o atacante Alecsandro foi submetido a uma longa cirurgia na tarde desta quinta-feira, no Rio de Janeiro. No lance, o atleta, que saiu de campo caminhando, teve afundamento de crânio e acabou levado ao hospital.

Leia mais: Atacante do Flamengo sofre afundamento na testa e só deve retornar em 2015

O procedimento, de cerca de quatro horas, foi bem sucedido. De acordo com os médicos do clube, o jogador teve uma fratura de osso frontal na testa. Na operação, foram colocadas placas e parafusos para auxiliar na recuperação.

Segundo estimativas iniciais, Alecsandro deve ficar pelo menos um mês sem entrar em campo pelo Flamengo. No entanto, o jogador ainda deve passar por novos exames que irão estimar com maior precisão o tempo de parada.

Caso as previsões se confirmem, o atacante corre o risco de só voltar a jogar em 2015, ficando de fora das semifinais da Copa do Brasil e dos últimos duelos do Flamengo no Brasileirão. Diante do Atlético-MG, no torneio mata-mata, Alecsandro já não poderia jogar, pois está emprestado pelos mineiros ao clube carioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.