Tamanho do texto

Em amistoso bastante movimentado, seleção costa-riquenha venceu o amistoso por 4 a 3, nos Emirados Árabes

Com moral elevada após conquistar a Copa Centro-Americana no mês de setembro, a Costa Rica foi aos Emirados Árabes, nesta sexta-feira, para enfrentar a seleção de Omã, em jogo realizado no Sultan Qaboss Sport Complex, e conseguiu vencer os donos da casa por 4 a 3, em jogo movimentado ao longo dos 90 minutos.

Leia mais sobre o futebol internacional no iG Esporte

O jogo, disputado na capital Mascate, começou em ritmo acelerado. Logo aos 4 minutos de jogo, quando as equipes ainda se estudavam dentro de campo, a Costa Rica abriu o placar em cobrança de escanteio, aproveitando o vacilo da zaga de Omã. O goleiro Al Habsi saiu mal do gol e o camisa 9 Saborío conseguiu desviar para o fundo das redes.

A seleção local chegou ao empate aos 27 minutos, quando Ibrahim Saleh se projetou ao campo de ataque e recebeu bom passe na corrida. O camisa 6 conseguiu fazer um belo corte no zagueiro e bater de trivela na saída do goleiro Alvarado, escalado como titular no lugar de Keylor Navas, que assistiu à partida do banco de reservas.

Nos acréscimos da primeira etapa, os visitantes ‘tiraram o coelho da cartola’ e, em uma das únicas subidas ao ataque, conseguiram ir aos vestiários em vantagem. Em jogada de ultrapassagem pela direita, Bryan Ruiz recebeu, aplicou uma bela finta no defensor e chegou à linha de fundo antes de cruzar para trás. A bola atravessou a pequena área e encontrou Jairo Ruíz, que só teve o trabalho de conferir para o gol. 

Na volta do intervalo, logo aos 2 minutos jogados, os visitantes aumentaram a vantagem no placar aproveitando novo vacilo da defesa. Após brigar dentro da área, Jairo Ruíz tentou cruzar e viu a zaga rebater a bola. Bem colocado na entrada da área, o camisa 11 Bustos arriscou de primeira e acertou um chute cruzado, após o bate-rebate da defesa, para marcar o terceiro gol da Costa Rica.

Três minutos mais tarde, a Costa Rica ampliou o placar e encaminhou uma goleada. Em erro bizarro da defesa, Ramírez complementou para o gol e anotou o quarto. O zagueiro Sallam Amur e o goleiro Al Habsi protagonizaram uma falha de comunicação e possibilitaram a conclusão do camisa 7 costarriquenho, que havia deixado o banco de reservas no intervalo.

Quando o placar parecia garantido em favor dos visitantes, Omã descontou o marcador e fez reascender a esperança em buscar o resultado. Em chute de fora da área, Al Seyabi contou com o desvio na zaga para encobrir o goleiro e balançar as redes, logo após o quarto gol da Costa Rica.

Aos 14 jogados, os donos da casa diminuíram a vantagem para apenas um gol e quebraram os prognósticos que antes pareciam certos. Em nova jogada de contra-ataque, Qasmin Said foi acionado na esquerda e encontrou Al Hosani livre dentro da área. O camisa 20, com o gol vazio, só teve o trabalho de empurrar para as redes.

A reação na segunda etapam motivou a seleção de Omã a correr atrás do empate até o apito final. Os árabes se lançaram ao ataque e, apesar de rondarem a área costarriquenha, não encontraram liberdade para concluir. O técnico e ídolo Wanchope, fazendo jus à experiência, recuou a equipe com a entrada de jogadores de marcação, no intuito de garantir o resultado positivo.

Confira os resultados de outros amistosos disputados nesta sexta-feira

China 3 x 0 Tailândia
Hong Kong 2 x 1 Singapura
Emirados Árabes 0 x 0 Austrália
Coreia do Sul 2 x 0 Paraguai

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.