Tamanho do texto

Com o resultado, time cearense fica no quarto lugar na tabela da Série B e agora seca o Avaí para se manter na zona de acesso

Depois de empatar com o Sampaio Corrêa na última rodada na Arena Castelão, o Ceará não perdeu a segunda oportunidade de voltar ao G4 diante do seu torcedor. Na noite desta sexta-feira, o time recebeu o ameaçado Bragantino em Fortaleza, garantiu a magra vitória por um 1 a 0, com gol de Nikão ainda no primeiro tempo, e abriu a 29ª rodada entre os quatro melhores da Série B .

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Com o resultado diante da torcida, que mais uma vez compareceu em bom número ao Castelão, o Ceará chegou aos 50 pontos e ultrapassou o Avaí, que tem 49. O time catarinense, no entanto, ainda entra em campo neste sábado, contra o Icasa, e pode recolocar o Vozão na quinta colocação. Na próxima rodada, a equipe alvinegra faz um confronto direto diante do Joinville.

O Bragantino, por sua vez, que havia conseguido uma boa sequência de resultados nas rodadas anteriores, volta a se aproximar da zona de rebaixamento. O time do interior de São Paulo permanece com 33 pontos, e pode ficar apenas a um da degola em caso de vitória do América-RN neste sábado. O próximo compromisso será justamente contra o time potiguar no Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA -  CEARÁ-CE 1 x 0 BRAGANTINO-SP

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 10 de outubro de 2014, sexta-feira
Hora: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Marcelo Gleidson Dias (Fifa-PA) e Thyago Costa Leitão (PI)
Quarto árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Cartões Amarelos: Samuel Xavier, Bill, Michel (Ceará), Samuel Santos, Tobi e Esquerdinha (Bragantino)
Gol: CEARÁ: Nikão, aos 23 minutos do primeiro tempo

CEARÁ: Luis Carlos, Samuel Xavier, Wellington Carvalho, Sandro e Marcos; Michel, João Marcos, Lulinha (Felipe Amorim) e Nikão (Amaral); Magno Alves e Bill (Eduardo)
Técnico : Sérgio Soares

BRAGANTINO : Matheus Inácio, Samuel Santos, Yago, Alexandre (Romário) e Bruno Recife; Tobi, Esquerdinha (Assis), Magno Cruz (Léo Jaime) e Sandro; Antônio Flávio e Mota
Técnico : PC Gusmão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.