Tamanho do texto

Meia chileno promete entrega dentro de campo e valoriza o retorno de Fernando Prass à meta do time

O meia Valdivia deixa claro que as duas vitórias consecutivas não significam o fim da meta do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Porém, depois de derrotar o Botafogo por 1 a 0, na noite de quarta-feira, o chileno se mostrou satisfeito por ter constatado uma nova postura da equipe alviverde nesta luta contra o rebaixamento.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

"Enquanto estiver bem fisicamente, vou me entregar ao máximo em campo. Fico feliz porque estamos jogando bem, e a volta do Prass é muito significativa, ganhamos confiança. A única coisa que eu pedia era para perdermos o medo de jogar, e a cada jogo fica mais marcante que perdemos esse medo. A bola vai na área, nossa zaga mata no peito e sai para o jogo. Isso é importante", afirmou.

O Palmeiras pulou para a 13ª posição do Nacional depois de ter derrotado dois concorrentes diretos, a Chapecoense e o Botafogo. Mesmo assim, o chileno tem muita cautela e pede para o time manter a concentração para dar sequência à recuperação.

"Conseguimos duas vitorias seguidas e pulamos muito na tabela, mas ainda não respiramos tranquilos. Foi uma vitória difícil. Até pelo que acontece com o Botafogo, quem entra em campo não quer perder, mas conseguimos ganhar e isso nos deixa muito felizes, pois foi importante", ponderou.

O resultado no Maracanã afundou ainda mais o Botafogo, que vive a crise com atrasos salariais, teve jogadores importantes desligados do grupo e amarga agora a lanterna do Brasileirão. Já o Palmeiras precisa usar a confiança adquirida nos jogos anteriores para enfrentar no sábado um time da parte de cima da tabela, o Grêmio, no estádio do Pacaembu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.