Tamanho do texto

Apesar de o clube inglês alegar que o corte do lateral é só por precaução, e que a lesão não é séria, os médicos têm o intuito de evitar o desgaste no tendão de Aquiles do atleta

O lateral esquerdo Laurent Koscielny, que estava concentrado com a seleção francesa para o amistoso diante da Armênia, na próxima terça-feira, foi diagnosticado com lesão ligamentar no calcanhar, nesta quinta-feira, após exame realizado pela comissão médica. A Federação Francesa de Futebol mandou o atleta de volta ao Arsenal, aumentando ainda mais a lista de atletas no departamento médico.

Apesar de o clube inglês alegar que o corte do lateral é só por precaução, e que a lesão não é séria, os médicos têm o intuito de evitar que o desgaste no tendão de Aquiles evolua e se torne um problema crônico, atrapalhando a carreira do jogador. A imprensa francesa, no entanto, diz que o atleta já vem sofrendo de uma tendinite nos calcanhares.

A notícia da lesão de Koscielny veio em sequência ao prognóstico crítico do alemão Ozil. Na quarta, Mesut Ozil passou por exames de imagem sob os olhares dos médicos da Federação Alemã de Futebol e foi diagnosticado com uma ruptura parcial do ligamento do joelho esquerdo, devendo voltar aos gramados somente em 2015.

Aos dois, somam-se mais oito desfalques para atormentar a cabeça de Wenger. O atacante Olivier Giroud, que quebrou um osso do pé em duelo contra o Everton, pelo Inglês, deverá ficar fora por cerca de 10 semanas, como o francês Debuchy, que tem longo prazo de recuperação após passar por cirurgia no tornozelo. O volante Ramsey só deve voltar no próximo mês e Theo Walcott, Mikel Arteta, Serge Gnabry, Yaya Sanogo e Abou Diaby continuam de fora.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.