Tamanho do texto

"O adversário é um time muito consistente defensivamente e marcou muito os laterais", disse o treinador celeste

O técnico Marcelo Oliveira reconheceu que faltou inspiração para o Cruzeiro vencer o Corinthians , na quarta-feira, no Mineirão. O treinador celeste admitiu que a Raposa encontrou problemas com a boa marcação dos paulistas, mas entende que os cruzeirenses tiveram bom volume de jogo, pecando na falta de individualidade.

"O adversário é um time muito consistente defensivamente e marcou muito os laterais, com o último homem deles marcando os volantes, e isso criou uma dificuldade ao Cruzeiro. Nós tivemos bom volume, mas o Corinthians faz muito bem este tipo de jogo, por uma bola, uma bola parada, um erro, e acabou fazendo o gol dessa forma", analisou.

Confira a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

O treinador cruzeirense avalia que apesar de ter tido maior posse de bola, o Cruzeiro não soube criar os espaços necessários para chegar ao gol do goleiro Cássio. Para Marcelo Oliveira, o grande erro da Raposa foi não ter usado mais a individualidade para resolver a partida. Apesar da derrota, o comandante da equipe mineira não quer saber de abatimento no grupo.

"Tentamos pelos lados do campo, tentamos modificar o time, mas não foi o suficiente. Faltou uma jogada individual, um lance para entrar na defesa, como uma tabela curta, uma jogada que pudesse abrir mais espaços. No segundo tempo, foram muitas bolas alçadas na área, e isso facilitou um pouco para o adversário. Não estava nos planos, mas acontece e não podemos nos abater", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.