Tamanho do texto

Equipe do Mato Grosso chega aos 37 pontos e segue em posição intermediária. Time de Natal está na zona da degola

Na noite desta terça-feira, o Luverdense pôs fim a um jejum de quatro jogos sem vitórias na Série B. Atuando em seu domínio, o Estádio Passo das Emas, a representação de Lucas do Rio Verde superou o ameaçado América-RN, pelo placar de 2 a 1. Os gols mandantes, em duelo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, foram anotados por Rubinho e Misael – um em cada período. Jéferson descontou para o Dragão.

Com o resultado positivo, a equipe do Mato Grosso chega aos 37 pontos e segue em posição intermediária na classificação, enxergando o sonho de figurar ineditamente na Primeira Divisão ainda distante, ocupando o 11º posto. Por sua vez, o clube de Natal, estacionado nas 29 unidades, continua na zona de rebaixamento, figurando na 17ª colocação.

O próximo compromisso do LEC ocorre neste sábado, às 21 horas (de Brasília), diante do Paraná, também em casa. Já os alvirrubros terão pela frente o Sampaio Corrêa, no mesmo dia, mas às 16h20, na Arena das Dunas.

FICHA TÉCNICA
LUVERDENSE 2 x 1 AMÉRICA-RN

Local: Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT
Data: 7 de outubro de 2014, terça-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza-SP
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior-SP e Anderson José de Moraes Coelho-SP
Cartões amarelos: Braga e Rubinho (Luverdense); Fernando Henrique (América-RN)
Cartões vermelhos: Montoya (Luverdense); Cléber (América-RN)

GOLS
LUVERDENSE: Rubinho (aos 45’ do 1T) e Misael (aos 4’ do 2T)
AMÉRICA-RN: Jéferson (aos 21' do 2T)

LUVERDENSE: Gabriel Leite; Jean Patrick, Braga (Renato), Montoya e Paulinho; Júlio Terceiro, Felipe Alves, Washington e Rubinho; Misael e Reinaldo (Carlão, depois Gílson)
Técnico: Júnior Rocha

AMÉRICA-RN: Fernando Henrique; Wálber, Cléber, Roberto Dias e Arthur Henrique (Thiago Cristian); Márcio Passos, Tiago Dutra, Neto e Arthur Maia (Jéferson); Rodrigo Pimpão e Alfredo (Isac)
Técnico: Marcelo Martelotte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.