Tamanho do texto

M’Bia, duas vezes, Bacca e Vitolo fizeram para os mandantes. Os visitantes, por sua vez, descontaram com Medunjanin. Placar foi 4 a 1

Forte candidato a conquistar uma vaga na próxima Liga dos Campeões, o Sevilla não tomou conhecimento do lanterna Deportivo La Coruña na manhã deste domingo, goleou em casa por 4 a 1 e seguiu mostrando força no Campeonato Espanhol. M’Bia, duas vezes, Bacca e Vitolo fizeram para os mandantes. Os visitantes, por sua vez, descontaram com Medunjanin.

O triunfo colocou o time andaluz na terceira colocação, aproveitando o tropeço do Atlético de Madri no sábado. Com o resultado, o Sevilla não pode ser alcançado pelo Real Madrid, mantendo assim a boa classificação ao menos até a próxima rodada, quando enfrenta o Elche fora de casa.

O jogo

Com o Sevilla atuando à vontade e indo sem receio para o ataque, o primeiro gol veio aos 24 minutos de jogo. Com cruzamento de Deulofeu, M’Bia subiu de cabeça e desviou para balançar a rede.

A alegria, contudo, durou pouco: em menos de seis minutos, o Deportivo aproveitou uma de suas poucas oportunidades para empatar a partida. Medunjanin, recebendo dentro da área, devolveu a igualdade ao placar.

Mas o Sevilla foi superior, não se abateu com o empate e, oito minutos mais tarde, voltou à frente com um gol do colombiano Carlos Bacca, levando a vantagem mínima para o intervalo. No segundo tempo, desta vez com a bola no chão, recebendo passe de Vitolo, M’Bia chutou com precisão para deixar os donos da casa com uma margem mais confortável.

Se atacou de garçom no gol anterior, Vitolo balançou a rede no gol que fechou o placar. Pela segunda vez no duelo, a assistência foi de Deulofeu. A partir disso, em ritmo de treino, o Sevilla ainda teve a chance de ampliar após um pênalti cometido pelo goleiro Germán Lux, mas Carlos Bacca acabou desperdiçando.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.