Tamanho do texto

Apesar de tropeço em casa, time carioca saiu do jogo com sensação de vitória e subiu do quarto para o terceiro lugar na tabela de classificação da Série B

O Bragantino vencia por 2 a 0 e a torcida do time carioca já deixava São Januário, quando o Vasco marcou dois gols, nos acréscimos, e conseguiu evitar uma derrota que parecia já decretada. O resultado de 2 a 2 na partida disputada nesta sexta-feira, pelo Campeonato Brasileiro da Série B , acabou premiando o esforço da equipe da casa, que não se entregou, mesmo quando tudo indicava que a reação seria muito difícil.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Com o ponto conquistado, o Vasco subiu para 48 e agora ocupa a terceira posição. O Bragantino é o 13 º colocado com 33 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar a Portuguesa, no Canindé. O Bragantino vai receber o Vila Nova no Nabi Abi Chedid.

Douglas Silva comemora gol de empate do Vasco no jogo contra o Bragantino pela Série B
Gazeta Press
Douglas Silva comemora gol de empate do Vasco no jogo contra o Bragantino pela Série B

O jogo

Diante do técnico Joel Santana, ainda em recuperação de uma cirurgia, e que acompanhava o jogo da sala da presidência, o Vasco começou a partida no ataque, mas só conseguiu chegar com perigo na área paulista, aos 11 minutos, quando o lateral-esquerdo Marlon dividiu com um adversário na área e caiu pedindo pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Como tem acontecido nas últimas partidas, a torcida cruz-maltina começou a vaiar o meia Douglas a cada passe errado. Aos 13 minutos, após rebote defeituoso da zaga paulista, a bola sobrou para Pedro Ken que bateu forte, mas a bola explodiu na zaga e saiu. O Bragantino, mesmo fora de casa, adotava uma postura ofensiva, o que tornava a partida muito movimentada.

Aos 21 minutos, o Bragantino marcou o primeiro gol. Diego Renan derrubou Antonio Flávio no lado esquerdo do ataque paulista. Bruno Recife cruzou, a zaga carioca não subiu, e Geandro cabeceou para colocar a bola nas redes de Martín Silva.

Depois de sofrer o gol, o Vasco partiu para buscar o empate. Aos 25 minutos, Dakson fez boa jogada e chutou cruzado, mas ninguém aproveitou o lançamento.

O Bragantino recuou para defender a vantagem e dificultava as tentativas da equipe carioca de chegar ao gol. Só aos 41 minutos é que a equipe de São Januário voltou a ameaçar o gol defendido por Matheus. Marlon cruzou na segunda trave. Thalles subiu sem marcação, mas cabeceou para fora.

Zagueiro Rodrigo lamenta gol sofrido pelo Vasco no jogo contra o Bragantino pela Série B
Gazeta Press
Zagueiro Rodrigo lamenta gol sofrido pelo Vasco no jogo contra o Bragantino pela Série B

Logo depois, o meia Douglas, com dores no tórax, pediu para sair. Montoya entrou em seu lugar. Aos 42 minutos, Dakson arriscou de fora da área e mandou para fora. No lance seguinte foi a vez de Pedro Ken cabecear com perigo,mas a bola saiu.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o meia Lucas Crispim no lugar de Dakson. E logo no primeiro minuto, Crispim mostrou seu cartão de visitas. Ele acertou um violento chute que obrigou o goleiro Matheus a fazer uma grande defesa, espalmando para escanteio e evitando o gol do empate. Na cobrança de escanteio, a bola bateu no peito de Geandro, tocou na trave e acabou jogada para fora, pela zaga do Braga.

O lance animou a torcida da equipe carioca que passou a incentivar a sua equipe. O time seguiu pressionando e, aos dez minutos, Antonio Flávio quase marcou contra,ao tentar desviar um cruzamento de Marlon. Um minuto depois, em novo ataque, Pedro Ken cabeceou, a bola bateu na zaga e sobrou para Montoya que mandou por cima do travessão, desperdiçando uma boa chance.

A pressão cruz-maltina continuava e, aos 12 minutos, Edmilson subiu mais do que a zaga e desviou para Thales que, também de cabeça, mandou para o gol, exigindo outra boa defesa de Matheus.

A torcida do Vasco mostrava muita impaciência com a dificuldade da equipe para conseguir marcar o gol do empate, o que acabava deixando a equipe mais nervosa. Aos 21 minutos, Rodrigo bateu falta e a bola explodiu na barreira.

Aos 27 minutos, o Bragantino marcou o segundo gol, Sandro fez ótima jogada pela esquerda, se livrou de Montoya, e cruzou para a entrada fulminante de Antonio Flávio que não deu qualquer chance de defesa para Martín Silva.

Dois minutos depois, a equipe carioca poderia ter marcado o primeiro gol, mas Alexandre salvou, em cima da linha, um chute de Marlon que tinha endereço certo.

Aos 46 minutos, o Vasco marcou o primeiro gol, através de Lucas Crispim que recebeu bom passe de Maxi Rodriguez e bateu cruzado. Dois minutos depois, Rodriguez acertou um ótimo cruzamento e o zagueiro Douglas Silva aproveitou a péssima saída do goleiro Matheus para cabecear e livrar a sua equipe da derrota.

FICHA TÉCNICA - VASCO 2 x 2 BRAGANTINO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 3 de outubro de 2014 (Sexta-feira)
Horário: 21 horas (de Brasília)
Público: 11.560 pagantes
Árbitro: Felipe Duarte Varejão (ES)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Marrubson Melo Freitas (DF)
Cartões amarelos: Douglas (Vasco); Magno, Esquerdinha, Geandro e Anderson Uchoa (Bragantino)

GOLS
VASCO: Lucas Crispim aos 46 e Douglas Silva,aos 48 minutos do segundo tempo
BRAGANTINO: Geandro,aos 21 minutos do primeiro tempo; Antonio Flávio,aos 27 minutos do segundo tempo

VASCO: Martin Silva; Diego Renan, Rodrigo, Douglas Silva e Marlon; Pablo Guiñazu, Pedro Ken, Dakson (Lucas Crispim) e Douglas (Montoya); Thalles e Edmilson (Maxi Rodriguez)
Técnico: Marcelo Salles (interino)

BRAGANTINO: Matheus; Samuel Santos, Alexandre, Yago e Bruno Recife; Geandro, Esquerdinha (Anderson Uchoa), Magno Cruz (Diogo Sodré) e Sandro; Assis (Adeilson) e Antonio Flávio
Técnico: Paulo César Gusmão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.