Tamanho do texto

Diretoria do clube alviverde desconfia de acerto do meia com o São Paulo para a próxima temporada

O Palmeiras ainda não anunciou oficialmente, mas acertou com Washington, volante que estava no Joinville e só foi contratado porque Dorival Júnior não sabia quando poderia contar com Wesley. O camisa 11, porém, superou um apagado primeiro tempo para fazer o gol de empate e ainda participar do lance da virada na vitória por 4 a 2 sobre o Chapecoense , nesta quinta-feira, seu primeiro jogo desde 23 de agosto.

Se a diretoria ainda desconfia de acerto do jogador com o São Paulo, já que recuou em acusação de agressão de torcedor e alegou dores musculares assim que ficou livre para assinar pré-contrato e sair de graça em fevereiro, o técnico confia no atleta que se destacou sob seu comando em 2010, no Santos. E trabalha para vê-lo ainda mais útil e presente na luta do Verdão contra o rebaixamento no Brasileiro.

"Conheço o atleta há algum tempo. Perguntei duas vezes se ele tinha a situação resolvida, e ele me garantiu, na frente dos jogadores, que não tinha nada. Vou confiar na pessoa que conheço, porque vivemos no país da mentira, das historietas", contou Dorival, que armou o esquema com três volantes nesta noite apostando na dinâmica de Wesley.

"Precisamos ter muito cuidado porque pode criar animosidade entre torcida e profissional, e não é este o fato. Ainda não assinou com o Palmeiras, é natural que deva receber propostas, mas vai priorizar um acerto com Palmeiras pelo tempo aqui e afinidade. Foi o que ele disse, e vou acreditar, porque em momento nenhum ele me deu sinais de que não pudesse acreditar em sua palavra. Vai continuar trabalhando", avisou.

Wesley, por sua vez, não deu entrevistas após sair dos vestiários. Só falou rapidamente na saída do gramado, sem dar detalhes sobre sua negociação - a diretoria alega ter cedido a todos os pedidos do jogadores e que já está com o contrato pronto, apenas à espera da assinatura do volante.

"Senti o cansaço, mas, agora, vamos dar sequência", falou Wesley, também se posicionando como líder do elenco. "Estávamos sem confiança no primeiro tempo, mas mantivemos os nervos no lugar. Valeu o empenho de todos em um jogo importante. Sempre temos que ser assim. O grupo está unido. Vamos dar continuidade", limitou-se a dizer.

De qualquer forma, Washington já foi contratado para ser uma opção a Wesley. "Buscamos mais um jogador para esta condição, não sabia qual seria a resposta do Wesley, quanto demoraria, e tentamos outro nome", admitiu Dorival nesta quinta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.