Tamanho do texto

Após 104 jogos com a camisa holandesa, atacante disse que não tem mais energia para jogar pela seleção nacional

Kuyt participou de 104 jogos com a camisa da seleção holandesa e esteve na última Copa
Hassan Ammar/AP
Kuyt participou de 104 jogos com a camisa da seleção holandesa e esteve na última Copa

Atualmente no Fenerbahçe, da Turquia, o atacante Dirk Kuyt anunciou nesta sexta-feira que não irá mais defender a seleção holandesa. Aos 34 anos, o veterano acumula mais de 100 jogos a serviço da equipe nacional e esteve na última Copa do Mundo .

Leia mais sobre o futebol internacional no iG Esporte

Durante o torneio disputado no Brasil, Kuyt foi um dos homens de confiança de Louis van Gaal, então técnico da equipe, que chegou a escalar o atacante de origem até mesmo na lateral. A polivalência do jogador chegou a ser citada por Muricy Ramalho como exemplo a seus jogadores no São Paulo.

O atleta afirmou que antes que sua decisão fosse tomada teve uma conversa com o atual comandante da Laranja Mecânica, Guus Hiddink. "Não quero mais investir tanta energia para jogar pouco pela seleção holandesa. Conversei de maneira clara e construtiva com o técnico para decidir", declarou ao site da Federação Holandesa.

Com a camisa da seleção, Kuyt acumulou 104 partidas e 28 gols. O atacante ainda disputou a Copa do Mundo de 2010, quando a Holanda terminou como vice-campeã, ao ser derrotada pela Espanha na decisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.