Tamanho do texto

Com vitória, gaúchos ficam a seis pontos do líder do Brasileirão e têm expectativa de diminuir ainda mais a diferença com o confronto direto no próximo sábado

Depois de o São Paulo ter chegado perto, mas cair de produção, agora é a vez de o Internacional se credenciar como o principal perseguidor do líder Cruzeiro . Neste domingo, o time gaúcho venceu pela quarta vez nos últimos cinco jogos e diminuiu a distância até os mineiros de oito para seis pontos. O Inter bateu o Coritiba no Beira-Rio, por 4 a 2, gols de D’Alessandro, Alex e Eduardo Sasha, que marcou dois. Leandro Almeida e Zé Love descontaram para os paranaenses. A partida foi marcada por um apagão nos refletores do Beira-Rio aos 36 minutos do segundo tempo, que interrompeu as ações por 16 minutos.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Com a vitória, o Inter tem agora a chance de encostar de vez na Raposa no próximo sábado, quando as duas equipes se enfrentam, no Mineirão. O time de Abel Braga foi a 47 pontos, contra 53 do líder campeonato, e abre quatro de vantagem para São Paulo, Atlético-MG e Grêmio, os concorrentes mais próximos na tabela. O Coxa, com a derrota, caiu para a lanterna do Brasileirão, com apenas 23. A equipe tem na próxima rodada o clássico contra o Atlético-PR, no Couto Pereira, também sábado.

Confira na galeria as imagens da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro:

A partida foi bastante aberta no Beira-Rio. O Inter fez um gol logo aos 10 minutos, mas cedeu o empate minutos depois e poderia ter tomado a virada. Porém, contou com erros da defesa do Coxa para fazer 3 a 1 ainda no primeiro tempo. Na etapa final, o time visitante veio para cima, descontou, pressionou, mas abriu espaços atrás e tomou o quarto gol.

O jogo

A partida foi disputada sob chuva no Beira-Rio. O primeiro tempo foi muito aberto, e terminou com 26 conclusões a gol, 13 para cada lado. Aos 6, Aránguiz teve a primeira chance do jogo, com um bom chute para fora. Quatro minutos depois, Wellington Paulista foi derrubado na área por Leandro Almeida. Pênalti, batido por D’Alessandro e defendido por Vanderlei. No rebote, porém, o argentino fez 1 a 0.

O Coritiba empatou rapidamente: aos 15 minutos, Alex bateu escanteio, Dida saiu em falso e Leandro Almeida se redimiu do pênalti cometido e fez de cabeça. O empate marcou um bom momento do Coxa no jogo, mas foi o Inter que quase fez aos 23, em cruzamento de Gilberto que Wellington Paulista cabeceou para fora. Aos 28, quase o segundo do Coritiba: Alex bateu mais um escanteio, Zé Love desviou e Fabrício tirou de calcanhar na pequena área.

O jogo era muito aberto no Beira-Rio. Aos 29, Vanderlei pegou arremate cruzado de Wellington Paulista. Dois minutos mais tarde, ele salvou milagrosamente uma cabeçada do centroavante do Inter, mas Alex pegou o rebote e fez 2 a 1. Na origem do lance, Aránguiz estava impedido, mas a arbitragem não assinalou. O gol desanimou o Coxa, que perdeu o ímpeto no ataque. O Internacional aproveitou e fez mais um antes do intervalo, com Eduardo Sasha, em que bola bateu nas costas de Norberto e sobrou limpa para o meia-atacante marcar.

Com Martinuccio em campo, o segundo tempo começou com pressão do Coxa. A primeira grande chegada foi aos 12 minutos: Robinho recebeu bom passe na área e soltou a bomba. Dida defendeu, a bola bateu na trave, correu sobre a linha e saiu. Na jogada seguinte, Paulão tentou cortar cruzamento e quase fez gol contra. Aos 14, Joel soltou uma bomba e acertou a trave, com Dida já batido no lance. O gol sairia aos 18, com Zé Love, após receber Martinuccio, que aproveitou erro de Paulão.

Quando o Coritiba parecia perto do empate, o Inter fez o quarto: Eduardo Sasha recebeu em contra-ataque, tabelou com Valdívia e chutou cruzado, vencendo Vanderlei. O Colorado quase ampliaria na jogada seguinte, mas Vanderlei saiu bem e evitou a conclusão de Valdívia. Aos 36, Geraldo entrou livre no segundo pau e Dida fez milagre. No segundo seguinte, os refletores do Beira-Rio se apagaram completamente. A luz levou 16 minutos a voltar. Nada de realmente perigoso aconteceu após a pausa forçada.

FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 4 x 2 CORITIBA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 28 de setembro de 2014, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (Asp. Fifa-SP)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto (Esp.-SP)
Público: 28.287 espectadores
Cartões amarelos: Willians (Internacional); Zé Love (Coritiba)
GOLS:
INTERNACIONAL: D’Alessandro, aos 10, Alex, aos 31, e Eduardo Sasha, aos 43 minutos do primeiro tempo e aos 28 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Leandro Almeida, aos 15 minutos do primeiro tempo; Zé Love, aos 18 minutos do segundo tempo

INTERNACIONAL: Dida; Gilberto, Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz, D’Alessandro (Alan Patrick), Eduardo Sasha e Alex (Bertotto); Wellington Paulista (Valdívia)
Técnico: Abel Braga

CORITIBA: Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Leandro Almeida e Dener; Hélder, Élber (Martinuccio), Robinho e Alex (Dudu); Zé Love (Geraldo) e Joel
Técnico: Marquinhos Santos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.