Tamanho do texto

Time de Turim vence a quinta no Campeonato Italiano e segue empatada com a Roma na ponta com 100% de aproveitamento

O elenco da Juventus entrou em campo diante do Atalanta, neste sábado, sabendo que precisaria dos três pontos para continuar rivalizando com a Roma na liderança da tabela, já que o time da capital havia vencido o Verona dentro de casa , em partida que abriu a rodada. Apesar de enfrentar alguma dificuldade até encaixar seu estilo de jogo, a Juve contou com o oportunismo e a experiência de Tevez, que foi à rede duas vezes, para garantir a vitória da equipe bianconera. A oito minutos do fim, Morata deu números finais à partida após sair do banco para substituir o criticado Llorente.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Italiano

Com os dois tentos contra o Atalanta, o camisa 10 chegou a quatro gols no Calccio. Os três pontos na bagagem fizeram a equipe chegar aos 15 somados, igualando a Roma na ponta da tabela de classificação do Italiano . Além do mesmo número de pontos, as duas equipes são as únicas que ainda cultivam os 100% de aproveitamento na competição, com cinco vitórias em cinco jogos.

A vitória por 3 a 0, além de ampliar a sequência invicta da Velha Senhora, estabelece outro tabu: até este momento, no início da temporada europeia, Juventus e Barcelona são os únicos times que não tiveram suas defesas vazadas, tanto nas competições nacionais quanto na Liga dos Campeões.

Tevez comemora gol na vitória da Juventus sobre o Atalanta pelo Campeonato Italiano
Getty Images
Tevez comemora gol na vitória da Juventus sobre o Atalanta pelo Campeonato Italiano

O jogo

Decidida a vencer para continuar disputando a liderança com a Roma em caráter de igualdade, a Juventus foi a campo diante do Atalanta, fora de casa, no intuito de impor seu estilo de jogo para acuar o adversário. Porém, os donos da casa, não se sentindo intimidados pela trupe de Tévez, Vidal e cia, não ficaram resguardados na defesa e procuraram ameaçar a Juve.

Tanto que aos 2 minutos jogados, no primeiro lance ofensivo da partida, o Atalanta quase abriu o placar com o atacante Baselli, que aproveitou a bola rebatida pela zaga e emendou um belo chute de primeira, que fez a bola passar rente à trave de Buffon, assustando o sistema de defesa bianconero.

Na marca dos dez, os visitantes finalizaram ao gol criando uma jogada de ataque pela primeira vez na partida. Tevez recebeu passe aberto pela ponta, fez o contorno na marcação trazendo para o meio e arriscou de fora da área, mas se precipitou e mandou a bola para longe da meta adversária.

Mesmo contando com um elenco de qualidade superior, a Juve não encontrava facilidades para furar o sistema defensivo do Atalanta. Muito pelo contrário. Pressionada pela marcação por zona dos donos da casa, a Velha Senhora começou a ficar refém da própria estratégia de jogo - a posse de bola.

Aos 24 minutos, pressionada pela marcação, a defesa da Juve vacilou ao sair jogando no campo de defesa e errou o passe. A bola foi passada para Zappacosta, que tentou ao arremate cruzado dentro da área, mas errou o alvo. Cinco minutos mais tarde, os visitantes responderam mais uma vez com Tevez. O camisa 10 recebeu passe de Evra na área, mas finalizou em cima de Sportiello, facilitando a defesa do goleiro.

A dez minutos do fim, quando o jogo parecia caminhar para o intervalo com o placar inalterado, a Juventus conseguiu encaixar uma linha de passe no campo ofensivo. Após bela triangulação pela esquerda, Llorente escorou para o lateral Lichtsteiner, que chegou ao fundo e cruzou. A bola passou por Vidal, que furou pressionado pela marcação, e sobrou na segunda trave para Tevez complementar, ganhando do zagueiro na corrida e demonstrando o oportunismo característico do artilheiro.

Já próximo dos acréscimos, a Juve quase ampliou a vantagem aproveitando que o Atalanta sentiu os reflexos do gol. Patrice Evra pressionou a saída de bola e ganhou do zagueiro na lateral da área. O francês cruzou para o compatriota Pogba, que escorou para Llorente cabecear, mas a bola passou por cima da meta adversária.

Na volta dos vestiários, na marca dos 15 jogados da etapa final, o argentino Tevez voltou a marcar, ampliando a vantagem dos visitantes. O camisa 10 recebeu passe de Evra e, de fora da área, conseguiu achar um espaço entre a marcação para finalizar rasteiro e surpreender o goleiro do Atalanta, que não conseguiu ver a bola por conta dos defensores a sua frente.

Com a vitória encaminhada, o treinador Massimiliano Allegri optou por alterar o ataque da equipe no intuito de dar mais mobilidade ao setor ofensivo, sacando Llorente e colocando Morata, visando o contragolpe que poderia aparecer mediante as ofensivas do Atalanta ao ataque.

A oito minutos do fim do tempo regulamentar, as projeções de Allegri se concretizaram. Na tentativa de atacar para diminuir o prejuízo, a equipe mandante se esgoto fisicamente, o que refletiu em erros de posicionamento.

Aproveitando o deslize da zaga do Atalanta, que deixou um espaço dentro da área, a Juve fez bela triangulação e deu números finais ao jogo com gol do espanhol Morata. Tevez iniciou a jogada pela esquerda, encontrando o argentino Ferreyra que, bem colocado na área, fez o cruzamento para o camisa 9 só testar para as redes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.