Tamanho do texto

Cientistas encontraram uma substância química chamada Parabenos, que é "hormonalmente ativa" e "inflamável"

Spray não poderá ser usado na Alemanha
Getty Images
Spray não poderá ser usado na Alemanha

Adotado com sucesso no futebol brasileiro e em outros países, o spray utilizado para marcação da barreira em cobranças de faltas foi vetado no futebol alemão. Segundo a TÜV (sigla alemã de Agência Alemã de Supervisão Técnica), o objeto usado pelos árbitros pode prejudicar a saúde dos jogadores. 

Cientistas da TÜV encontraram no spray uma substância química chamada Parabenos, que, de acordo com a entidade, é "hormonalmente ativa" e "inflamável".

A estreia da novidade no Campeonato Alemão deveria acontecer no dia 17 de outubro, mas a agência proibiu seu uso nos jogos da Bundesliga e ainda determinou uma multa à Federação Alemã em caso de utilização dos árbitros.

Mesmo com a proibição, a DFL (Liga Alemã) e a DFB (Federação Alemã) ainda buscam outras alternativas e já discutem com outros fornecedores do spray para que, enfim, ele possa ser usado nas partidas da competição nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.