Tamanho do texto

Derrota para o Figueirense serviu como desculpa para o elenco corintiano lamentar a instabilidade do time no Brasileirão

A cada rodada, os jogadores do Corinthians apontam uma sequência de vitórias como a solução para os anseios do time no Campeonato Brasileiro . A ideia é repetida especialmente após os tropeços, e não surpreendeu a reação à derrota por 1 a 0 para o Figueirense .

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Brasileirão

"Falta fazer dois, três jogos bons. É fundamental isso. Temos que colocar na cabeça que a gente precisa fazer bons jogos para crescer. Não adianta jogar um bem e um mal se a gente quer pensar em título. Tem que fazer três, quatro, cinco jogos bons", disse o volante Bruno Henrique.

O problema é que a tal série de triunfos nunca é emplacada. Com a distância para o líder Cruzeiro em 12 pontos, a luta pelo título é quase teórica. E, de tanto tentar, a equipe do Parque São Jorge acabou deixando o grupo dos quatro primeiros colocados, faixa de classificação à próxima Copa Libertadores .

E mais: Cássio reconhece falha e culpa refletores por erro em derrota do Corinthians

Diminuir a irregularidade é um objetivo muito mais realista para o Corinthians do que conseguir uma sequência de vitórias. Mano Menezes se cansou de reajustar a meta alvinegra a cada rodada e lembrou que só um time entre os 20 do Nacional tem mantido a constância.

"As outras equipes passam pela mesma dificuldade que a gente, não conseguem os resultados. Quem tem conseguido mesmo é o Cruzeiro, e é exatamente por isso que está liderando a competição há bastante tempo. As outras equipes ganham um jogo, fazem até duas vitórias, mas perdem a oportunidade emblemática", afirmou o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.