Tamanho do texto

Equipe de Felipão inaugurou o placar no início da partida e administrou o resultado até o fim jogando no contra-ataque

O atacante Dudu quebrou um longo jejum de gols neste domingo. Quase cinco meses depois, o camisa 7 do Grêmio voltou a marcar e deu a vitória para a equipe gaúcha diante da Chapecoense , na Arena, por 1 a 0. O último gol de Dudu havia sido no dia 30 de abril, em partida contra o San Lorenzo, pela Libertadores.

O Grêmio marcou seu gol cedo e passou a jogar da maneira que mais gosta: no contra-ataque. Só no primeiro tempo a equipe teve pelo menos três grandes chances de matar o jogo desta forma. A Chapecoense só corrigiu o problema no segundo tempo, mas seguiu sem criar perigo e o jogo se arrastou até a confirmação da vitória gaúcha. Foi o sexto jogo seguido do Grêmio sem tomar gols. O time de Porto Alegre tem a melhor defesa do Brasileiro, com apenas 14 gols sofridos em 23 jogos.

Com a vitória, o Grêmio segue na cola do G-4. Está em 5º, com 39 pontos, um atrás do Corinthians, dois atrás do Inter e só a três do vice-líder São Paulo. A Chapecoense, mesmo com a derrota, segue fora da zona de rebaixamento, em 15º lugar, com 24. Agora, o Tricolor encara uma sequência de dois jogos fora de casa. Ambos serão no Rio de Janeiro: quarta, visita o Fluminense; domingo, o Botafogo. A Chape jogará duas seguidas na Arena Condá, e a primeira delas é nesta quarta, contra o Atlético-PR.

Veja as fotos da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro:

O jogo

A Chapecoense começou assustando: logo aos dois minutos, Jaílton subiu mais que a zaga do Grêmio em escanteio batido por Camilo e quase fez de cabeça. Cinco minutos mais tarde, porém, o Tricolor Gaúcho foi mais eficiente: Barcos ganhou dos zagueiros e deixou Luan na cara do gol, com um lindo passe. Danilo abafou a conclusão, mas Dudu pegou o rebote e pôs o Grêmio na frente.

O gol cedo permitiu ao time de Luiz Felipe Scolari jogar no contra-ataque, modo preferido da equipe atuar desde o ano passado. No primeiro tempo, não faltaram chances de, deste modo, matar o jogo. Aos 17, Luan deu meia-lua no marcador e tocou para Matheus Biteco chutar. A bola desviou na zaga e saiu. Sete minutos mais tarde, a melhor chance de ampliar: Luan fez ótima jogada pela esquerda, invadiu a área, mas, em vez de tocar para Dudu livre, preferiu o chute, facilitando a defesa de Danilo.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias do Campeonato Brasileiro

Mesmo com mais posse de bola, a Chapecoense não conseguia penetração, e o Grêmio acumulava boas oportunidades de marcar. Aos 38, Zé Roberto cobrou falta buscando o ângulo e a bola raspou o travessão. No minuto seguinte, Dudu soltou uma bomba bem espalmada por Danilo. A equipe catarinense só chegou com perigo aos 45, quando o lateral Fabiano ganhou de Luan e chutou forte, raspando o travessão, com Marcelo Grohe já batido.

No segundo tempo, a Chapecoense seguiu propondo o jogo com o controle do Grêmio, que era mais perigoso. Aos quatro minutos, Dudu puxou contra-ataque e tocou a Matheus Biteco, que bateu sem equilíbrio para fora. Cinco minutos depois, o mesmo Dudu bateu escanteio na cabeça de Geromel, que desviou para fora. A equipe catarinense conseguiu estancar mais os contragolpes do Grêmio a partir de então, mas ainda não criava perigo. Aos 24, numa das raras conclusões, Rodrigo Biro bateu fraco e Marcelo Grohe pegou.

A monotonia da partida só foi quebrada aos 37, quando Zé Roberto deu ótima arrancada e tocou para Lucas Coelho, que chutou forte, para boa defesa de Danilo. Aos 43, Fernandinho tocou para Dudu na área, mas o atacante gremista chutou na zaga e perdeu ótima chance.

FICHA TÉCNICA: GRÊMIO 1 x 0 CHAPECOENSE

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) 
Data: 21 de setembro de 2014, domingo 
Horário: 18h30 (de Brasília) 
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO) 
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Christian Passos Sorence (Esp-GO) 
Renda: R$ 440.207,00 
Público: 18.499 (16.760 pagantes) 
Cartões amarelos: Geromel e Matheus Biteco (Grêmio); Fabiano, Leandro, Hyoran e Rafael Lima (Chapecoense)

GOL:

GRÊMIO: Dudu, aos 7 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Walace, Fellipe Bastos (Riveros) e Matheus Biteco; Luan (Fernandinho), Barcos (Lucas Coelho) e Dudu 
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Jaílton, Rafael Lima e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Ricardo Conceição (Hyoran), Diones (Zezinho) e Camilo (Bruno Rangel); Fabinho Alves e Leandro 
Técnico: Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.