Tamanho do texto

Apesar da má colocação no Brasileirão, equipe catarinense vem de dois bons jogos e pode complicar a vida dos gaúchos

Pela segunda vez seguida, o Grêmio terá a chance de, em casa, terminar uma rodada no G-4. Depois de desperdiçar a oportunidade de ultrapassar o Corinthians ao empatar diante do Santos na última quinta-feira, o clube gaúcho receberá a Chapecoense , neste domingo, às 18h30 (horário de Brasília), na Arena, em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro .

Os resultados paralelos ajudaram o Grêmio na rodada do meio de semana. Internacional e Corinthians empataram, o Fluminense perdeu, mas o próprio Tricolor não fez a sua parte e ficou no 0 a 0 com o Peixe. Resultado causado pela falta de pontaria do ataque, segundo o técnico Luiz Felipe Scolari.

Leia mais: Mesmo sem treinar, Barcos é relacionado e pode enfrentar Chapecoense

"(O caso Aranha) Não foi o que fez com que nós não ganhássemos, mas sim a falta do último chute com qualidade. Este foi o maior problema nosso. Quem cria três ou quatro chances e não aproveita não vai conseguir ganhar. Nos outros jogos nós tivemos uma chance e fizemos", explicou o treinador gremista, que viu seu time não marcar gols pelo segundo jogo seguido e não sofrê-las pela quinta vez consecutiva.

Barcos (centro) é dúvida para o jogo de hoje
Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Barcos (centro) é dúvida para o jogo de hoje

O Grêmio entrará em campo sabendo se poderá entrar no G-4 e o que precisa para atingir este objetivo. Basta vencer a Chapecoense e torcer para que o Inter perca do Atlético-PR ou o Corinthians não vença o São Paulo. O Tricolor é o atual 5º colocado, com 36 pontos. Está atrás do Colorado (3º, 38) e do Timão (4º, 37), e logo à frente do Fluminense (6º, 35) e do Atlético-MG (7º, 34). A vitória se torna ainda mais fundamental neste domingo devido ao fato de o time gaúcho ter dois jogos seguidos fora de casa na sequência, contra Flu e Botafogo.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias do Brasileirão

Para a partida, a grande novidade é a volta de Zé Roberto, que não atuou na quinta-feira por estar suspenso. Ramiro, com o terceiro amarelo, está fora, e deve dar lugar a Riveros. Outra possível ausência é a do goleador Barcos. O argentino não atuou contra o Santos por apresentar dores na coxa, e se não se recuperar a tempo pode ficar de fora, com Lucas Coelho prosseguindo como titular.

A adversária deste domingo, porém, está longe de ser um páreo corrido. Depois de um final de turno ruim, quando ficou quatro jogos sem vitórias, a Chapecoense vem de dois bons resultados contra postulantes ao G-4, como o Grêmio. Sábado, encerrou o jejum ao bater o Sport por 3 a 1 em Chapecó. Nesta quinta, arrancou um empate em 1 a 1 em São Paulo com o forte Corinthians.

A equipe catarinense ainda deixou a Arena Corinthians lamentando oportunidades desperdiçadas de obter uma vitória. Com o empate, a Chapecoense se manteve mais uma rodada fora da zona de rebaixamento, em 14º lugar, com 24 pontos. Porém, poderá entrar nesta rodada, dependendo da combinação. Se tivesse vencido o Timão, algo que só o Figueirense conseguiu em Itaquera, teria pulado a 26, fora de risco de entrar no Z-4. A tendência é que o técnico Jorginho repita a equipe que empatou na capital paulista.

FICHA TÉCNICA:  GRÊMIO x CHAPECOENSE

Local : Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data : 21 de setembro de 2014, domingo
Horário : 18h30 (de Brasília)
Árbitro : André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes : Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Christian Passos Sorence (Esp-GO)

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Matías Rodríguez, Geromel, Rhodolfo e Zé Roberto; Matheus Biteco, Fellipe Bastos e Riveros; Luan, Barcos (Lucas Coelho) e Dudu
Técnico : Luiz Felipe Scolari

CHAPECOENSE : Danilo; Fabiano, Jaílton, Rafael Lima e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Ricardo Conceição e Diones; Fabinho Alves, Leandro e Camilo
Técnico : Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.