Tamanho do texto

Apesar do revés para o Atlético-MG, atual campeão brasileiro segue com sete pontos de folga na liderança da competição

Um gol nos minutos finais fez o Cruzeiro ser derrotado por 3 a 2 pelo Atlético-MG neste domingo , no Mineirão. O resultado foi considerado injusto pelo meia Alisson, autor de um dos gols da equipe derrotada e que ainda mancou duas bolas na trave.

"O futebol às vezes é injusto. Acertamos duas ou três bolas na trave, criamos várias chances e os caras foram lá e fizeram três gols. O Atlético-MG está de parabéns pela vitória", afirmou.

Alisson foi substituído por Dagoberto aos 22 minutos do segundo tempo após sentir dores na coxa. Ele até tentou continuar na partida, mas não aguentou e pediu para sair. "Teve um lance em que corri no ataque e parece que a coxa deu uma puxada. Falei com o Marcelo Oliveira, pedi calma, mas depois pedi para sair novamente", explicou.

Apesar do revés, o Cruzeiro continua com sete pontos de vantagem para o seu perseguidor mais próximo na tabela de classificação do Brasileirão. Isso porque o São Paulo, vice-líder, também foi derrotado nesta rodada. 

O Cruzeiro volta a campo na próxima quarta-feira, diante do Coritiba, no Couto Pereira, às 19h30 (de Brasília).

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.