Tamanho do texto

Gol de Kleber nos minutos finais decretou a virada sobre o Náutico que garante ao time a permanência no G4 da Série B

Joel Santana, técnico do Vasco
Fernando Soutello/Agif/Gazeta Press
Joel Santana, técnico do Vasco

O treinador Joel Santana viu o Vasco vencer o Náutico de virada em São Januário neste sábnado, assegurando lugar no G4 na Série B. Mesmo feliz com a vitória "na raça", o técnico acredita que o time precisa de mais nas próximas rodadas. O próximo adversário é o Sampaio Corrêa, longe do Rio de Janeiro.

"Claro que temos que esperar mais. Mas o importante é vencer. Foi um jogo como vão ser todos daqui para frente: sofrido, aguerrido. Nós procuramos o gol a todo momento. Eles, no contra-ataque. No momento que se sai para atacar, como nós saímos, sem botar a vantagem, o adversário leva essa vantagem. Então, se a gente não consegue o gol, fica difícil. Jogamos bem, sem analisar aquele ou outro lance. Equipe manteve postura de ataque agressiva e mexemos de acordo com o que estava precisando. Jogo difícil, dramático. Melhor vencer em um jogo assim do que ficar em uma zona de conforto", analisou o treinador.

Com 43 pontos conquistados até aqui, o Vasco está três atrás do líder Joinville e na cola da Ponte Preta, que soma os mesmos 43 pontos. O Ceará ainda pode alcançar o Alvinegro na tabela em número de pontos, mas, para ultrapassá-lo, terá que fazer no mínimo seis gols e não sofre nenhum diante do América-RN.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.