Tamanho do texto

Fundado em 2001, o Ludogorets vem de três títulos seguidos na Bulgária e uma classificação heroica na fase eliminatória

Cosmin Moti: zagueiro foi o herói da classificação do Ludogorets
EuroFootball/Getty Images
Cosmin Moti: zagueiro foi o herói da classificação do Ludogorets

Não é apenas de clubes poderosos e tradicionais que é feita a Liga dos Campeões . Uma das 32 equipes que chegaram à fase de grupos ainda dá os primeiros passos nesta direção. Trata-se do Ludogorets, time da Bulgária fundado em 2001 e que conquistou a classificação inédita para a competição de maneira inusitada.

Na última etapa eliminatória antes da definição dos times que iriam compor os grupos, o Ludogorets teve como adversário o Steaua Bucareste. No primeiro jogo, fora de casa, perdeu por 1 a 0. No duelo da volta, contou com gol aos 45 minutos do segundo tempo de Wanderson, um dos cinco brasileiros do elenco, para devolver o placar. No final da prorrogação, o goleiro Vladislav Stoyanov foi expulso. Como todas as substituições já tinham sido feitas, o zagueiro romeno Cosmin Moti teve de assumir a função.

Mesmo sem nunca ter jogado como goleiro antes, ele acabou saindo de campo como herói após os pênaltis. Isso porque defendeu duas cobranças e ainda converteu uma. O feito impressionou tanto que o zagueiro dará nome a um dos setores do novo estádio do clube.

Pelo menos foi isso o que prometeu Kiril Domuschiev, dono do Ludogorets. Milionário, o empresário da indústria farmacêutica búlgara fez a compra em 2010. Desde então, a história do time mudou completamente no que diz respeito a competitividade.

Logo de imediato, Domuschiev investiu em uma série de contratações que pudessem viabilizar o objetivo de alcançar a elite do futebol búlgaro. A missão foi bem sucedida, e a evolução estava apenas no começo. O Ludogorets se sagrou campeão nacional em todas as três temporadas que disputou desde que subiu à primeira divisão. 

Nos últimos meses, a demonstração de força começou a aparecer também fora das fronteiras da Bulgária. Antes da classificação heróica para a fase de grupos da Liga dos Campeões, o Ludogorets já havia alcançado as oitavas de final da edição 2013/14 da Liga Europa. 

O desafio desta vez é muito maior. Estreante na Liga dos Campeões, o clube terá como adversários no Grupo B os poderosos Real Madrid e Liverpool, que somam 15 títulos, além do Basel. Não bastasse a concorrência pesada, a equipe terá de jogar longe de casa mesmo nas partidas em que for mandante, já que o estádio em Razgrad comporta apenas 6 mil pessoas sentadas. Por isso, receberá os visitantes na capital Sófia. 

Repetir o que fez na Liga Europa na última temporada e chegar às oitavas de final não será nada fácil. Pelo contrário: a tendência é que o Ludogorets se despeça ainda na fase de grupos. Mas os acontecimentos recentes mostram que o clube de apenas 13 anos não só caminha na direção correta para crescer no continente como também costuma contar com a sorte. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.