Tamanho do texto

Com direito a "olé" do Morumbi lotado, São Paulo venceu Cruzeiro por 2 a 0 e diminuiu desvantagem perante líder do Brasileirão para quatro pontos

A ordem de Muricy Ramalho para o São Paulo é de conter o entusiamo. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro no Morumbi, resultado que reduziu de sete para quatro pontos a desavantagem perante o líder do Campeonato Brasileiro, o treinador afirmou que há muita coisa pela frente ainda. Mas, embora mantenha o discurso dos pés nos chão, o técnico admitiu que é "muito legal" ver sua equipe jogando bem como está.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

Muricy Ramalho, após vitória sobre o líder Cruzeiro, adota discurso pés nos chão
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Muricy Ramalho, após vitória sobre o líder Cruzeiro, adota discurso pés nos chão

"A gente tinha consciência de que nossa chance para ter condições de disputar o título tinha que ser hoje, mas falta muito ainda. O Cruzeiro é e continua sendo o melhor time do Brasil. A gente respeitou muito e mereceu o resultado. A gente tem que continuar fazendo nossa parte", afirmou Muricy.

Com gol de Ceni e 'olé', São Paulo bate Cruzeiro e põe fogo no Brasileirão

"Fui contratado (há um ano) para evitar uma vergonha e fazer uma reformulação muito difícil. É a pior coisa fazer isso. E depois montar um time para o Brasileiro. A gente não pode se entusiasmar porque não ganhou nada. A gente oscilou muito porque não tinha um time. Aí foi chegando Kaká e Kardec no meio da competição. Não pode se entusiasmar, mas é muito legal ver o São Paulo jogar assim", completou o treinador.

Com a vitória sobre o Cruzeiro, o São Paulo chegou a 42 pontos no Brasileirão. Os mineiros têm 46. Na próxima quarta-feira, a equipe tricolor visita o Coritiba, enquanto os cruzeirenses recebem o Atlético-PR.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.