Tamanho do texto

Equipe deixará de receber mais de 390 milhões de libras por não participar da Liga dos Campeões. Moyes se deu bem

Um dos clubes mais ricos do mundo, o inglês Manchester United divulgou, nesta quarta-feira, uma receita recorde de 433,2 milhões de libras (cerca de R$ 1,6 bilhão) referente à temporada passada. No entanto, a diretoria informou que esse valor terá uma queda de aproximadamente 40 milhões de libras (R$ 148 milhões) até 2015 por conta da não participação da equipe nas competições europeias desta nova campanha.

David Moyes desembolsou R$ 19 milhões de rescisão do Manchester
Getty Images
David Moyes desembolsou R$ 19 milhões de rescisão do Manchester

Para os próximos 12 meses, o United prevê que sua receita gire em torno de 390 a 395 milhões de libras. Números que refletem a ausência  do time na Liga dos Campeões, já que deixará de receber pelos contratos com televisões e por ter menos jogos no estádio Old Trafford.

O Manchester United ainda comunicou que o aumento de 19% nos valores da temporada 2012/2013 para a 2013/2014 se deve a novos valores de televisão e ao vínculo firmado com a Adidas (fornecedora de material esportivo), que vai injetar 750 milhões de libras (R$ 2,78 bilhões) nos próximos dez anos.

Quanto aos gastos, a direção do clube de Manchester informou que desembolsou 5,2 milhões de libras (R$ 19 milhões) com a rescisão de contrato de David Moyes e comissão técnica. As contratações dos meias Maroane Fellaini e Juan Mata custaram 78,9 milhões de libras (R$ 292,5 milhões) aos cofres do time inglês. Os reforços de Angel Di María, Falcao García, Luke Shaw, Marcos Rojo e Daley Blind não entraram neste balanço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.