Tamanho do texto

Igualdade por 1 a 1 no Orlando Scarpelli impediu que os cariocas conseguissem voltar à zona de Libertadores

Na abertura da rodada, nesta quarta-feira, Figueirense e Fluminense ficaram no empate por 1 a 1, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O resultado foi melhor para os donos da casa, que se afastam um pouco mais da zona de rebaixamento, ao chegar a 25 pontos. Já os cariocas, com 32, perdem a chance de entrar novamente no G4 do Campeonato Brasileiro.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

No primeiro tempo, os cariocas foram superiores em quase todo o tempo, mas foi o Figueirense que marcou, com Everaldo, após contra-ataque. Na etapa final, o Fluminense conseguiu o empate com Cícero para decretar o empate em Florianópolis.

Figueirense e Fluminense duelaram pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro
Gazeta Press
Figueirense e Fluminense duelaram pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, o Fluminense terá pela frente o Palmeiras, no sábado, no Maracanã. No dia seguinte, o Figueirense vai até Feira de Santana para enfrentar o Bahia.

O jogo

As duas equipes começaram a partida em busca do ataque, mas sem criar bons lances de perigo. Somente aos nove minutos, o Fluminense quase abriu o placar no Orlando Scarpelli. Após boa troca de passes, Wagner cruzou rasteiro e Thiago Heleno salvou o Figueirense tirando a bola antes que chegasse em Conca.

Os cariocas passaram a dominar a partida aos poucos e criou outra oportunidade aos 21 minutos. Desta vez, Chiquinho cruzou pela esquerda, mas Luan Polli desviou a bola impedindo que Cícero finalizasse para a rede. O lance animou o Fluminense, que chegou novamente sete minutos depois. Kenedy fez jogada individual, mas adiantou a bola e facilitou a defesa do goleiro catarinense.

Veja fotos dos jogos que abrem o returno do Campeonato Brasileiro

Quando os visitantes tinham pleno controle da posse de bola, o Figueirense aproveitou um contra-ataque, aos 38 minutos, para fazer o gol. Everaldo foi lançado na área, dominou e teve calma para finalizar por entre as pernas de Diego Cavalieri.

Nos minutos finais, o duelo ficou movimentado. Tanto que aos 43 minutos, após blitz na área catarinense, Conca recebeu passe e acertou o travessão de Luan Polli. A resposta do Figueirense veio no minuto seguinte. Everaldo foi lançado na área, mas viu Diego Cavalieri se antecipar e salvar os tricolores. Assim, os donos da casa foram para o intervalo a frente no marcador em casa.

Na etapa final, o Fluminense voltou disposto a empatar a partida. Os tricolores criaram sua primeira chance logo aos quatro minutos. Kenedy roubou a bola de um defensor pela esquerda e cruzou rasteiro, mas viu a zaga livrar o perigo. Três minutos depois, o Figueirense teve o lateral direito expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Com um a mais, os cariocas aumentaram a pressão sobre os donos da casa. Aos 11 minutos, Conca arriscou de fora da área e a bola passou perto do gol de Luan Polli. Três minutos depois, Biro Biro cruzou rasteiro pela esquerda e Cícero apareceu para finalizar na trave. Já aos 21, foi a vez de Cícero arriscar e obrigar o goleiro catarinense a grande defesa.

O panorama da partida melhorou para o Figueirense aos 25 minutos, quando Bruno levantou demais o pé e acertou um adversário. O árbitro deu o cartão vermelho direto para o lateral direito deixando o Fluminense com dez jogadores.

Mesmo com as duas equipes com dez jogadores, o Fluminense seguia pressionando os donos da casa em busca do empate. Os visitantes quase igualaram o placar aos 31 minutos. Conca deu passe para Kenedy no meio da área, mas o atacante chutou por cima do travessão. O Figueirense passou a ter mais espaço para os contra-ataques, mas errava muitos passes.

De tanto insistir, os cariocas chegaram ao empate aos 39 minutos. Kenedy chutou de fora da área, viu a bola desviar na zaga e bater no travessão de Lusn Polli. No rebote, Cícero cabeceou livre para a rede.

Nos minutos finais, as duas equipes foram buscar os três pontos. O Figueirense desperdiçou chance incrível aos 342 minutos. Em contra-ataque, Marco Antõnio passou por um marcador e ficou de frente para Diego Cavalieri. O meia finalizou cruzado, mas para fora. O Fluminense tinha mais posse de bola, mas não conseguia criar boas chances. Assim, a partida terminou com o empate no Orlando Scarpelli.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 1 X 1 FLUMINENSE

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data: 10 de setembro de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Renda: R$ 172.830,00
Público: 10.444 pagantes
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Cartões amarelos: Nirley e Marco Antõnio (Figueirense); Diguinho e Biro Biro (Fluminense)
Cartões vermelhos: Leandro Silva (Figueirense); Bruno (Fluminense)
GOLS
FIGUEIRENSE: Everaldo, aos 38min do primeiro tempo
FLUMINENSE: Cívero, aos 39min do segundo tempo

FIGUEIRENSE: Luan Polli, Leandro Silva, Marquinhos, Thiago Heleno e William; Paulo Roberto, Marco Antônio, Felipe (Léo Lisboa) e Giovanni Augusto (Nirley); Clayton (Jefferson) e Everaldo
Técnico: Argel Fucks

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Marlon, Elivélton (Biro Biro) e Chiquinho; Diguinho, Jean, Cícero, Wágner (Gustavo Scarpa) e Darío Conca; Kenedy (Matheus Carvalho)
Técnico: Cristovão Borges

* Com Gazeta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.