Tamanho do texto

Ingleses foram criticados pelos fãs após vitória por 1 a 0 sobre a Noruega, em amistoso. A estreia nas Eliminatórias da Euro acontece nesta segunda-feira, contra a Suíça

Wayne Rooney, capitão da seleção da Inglaterra
Jamie McDonald/Getty Images
Wayne Rooney, capitão da seleção da Inglaterra

Com uma saída prematura ainda na fase de grupos, o desempenho da Inglaterra na Copa do Mundo não foi bom, mas o técnico Roy Hodgson acredita que sua equipe estará na melhor forma durante a Euro 2016, na França.

Após a vitória sobre a Noruega por apenas 1 a 0 na última quarta-feira, em um amistoso, a equipe inglesa foi criticada pela fraca atuação na partida. Mas o comandante inglês garante que, se a classificação para a Eurocopa vier, seu time terá todas as condições de ter um bom desempenho no torneio.

"Se você analisar o elenco que escolhemos, verá o talento e a qualidade dos jogadores, além do desejo deles de honrarem o país", declarou Hodgson, que prepara o elenco para a sua primeira partida nas eliminatórias para a Euro, contra a Suíça, nesta segunda-feira.

A seleção inglesa passa por uma reformulação após a saída de Steven Gerrard e Frank Lampard, que se aposentaram do English Team após o Mundial. Hodgson comentou sobre os jovens jogadores que foram convocados pela primeira vez.

"Em dois anos, eles já vão ter jogado muito mais, não só pela seleção, mas também pelos seus clubes nas competições europeias e na Premier League", avaliou o técnico, que não convocou nenhum substituto para Daniel Sturridge, cortado nessa semana com uma lesão. "Estamos tão satisfeitos com as nossas opções que não convocamos ninguém para substituir Sturridge. Acreditamos que os jogadores que temos disponíveis podem amenizar a perda de um dos nossos atletas mais importantes. Estamos devastados com a lesão, porque ele estava muito ansioso para essa partida. Mas nós estamos prontos, veremos o que acontece na segunda à tarde", finalizou.

O capitão Wayne Rooney também falou sobre o confronto contra a Suíça. "É uma ótima partida para se jogar. Provavelmente será o jogo mais difícil do grupo E, e nós queremos atuar bem e sair com um bom resultado. Estamos prontos", afirmou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.