Tamanho do texto

Meia foi importantíssimo na vitória por 4 a 2 sobre a Alemanha na última quarta, em uma reedição da final da Copa do Mundo

Di María em ação pela seleção argentina
Kai Pfaffenbach/Reuters
Di María em ação pela seleção argentina

O novo técnico da seleção argentina, Geraldo Martino, parece ter escolhido o seu favorito depois de Lionel Messi: o meio-campista Ángel Di María. Para o comandante os Hermanos, o mais recente contratado do Manchester United é "um dos melhores jogadores do mundo". O camisa 7 foi importantíssimo na vitória por 4 a 2 sobre a Alemanha na última quarta-feira, em uma reedição da final da Copa do Mundo de 2014.

"Tivemos momentos onde pudemos manter a pressão e outros em que tivemos que recuar. Por ser uma primeira partida, com pouco treinamento, o saldo é favorável. Acredito que Di María está entre os cinco ou dez melhores jogadores do mundo, por isso o Manchester pagou tudo o que pagou por ele", disse Tata.

Recentemente, o astro do Real Madrid Cristiano Ronaldo afirmou que se fosse o presidente de seu clube, Florentino Pérez, jamais teria vendido o argentino. O atacante português ainda mostrou-se incomodado com as reformulações no elenco. Para ele, Di María era um dos mais importantes jogadores da equipe.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.