Tamanho do texto

Após derrota por 2 a 1 no jogo de ida, time goiano se recupera em casa e conquista vaga na fase internacional da competição

O lateral Carlinhos tenta levar o Fluminense ao ataque diante do Goiás
Nelson Perez/Fluminense FC
O lateral Carlinhos tenta levar o Fluminense ao ataque diante do Goiás

O Goiás conseguiu nesta quarta-feira reverter o marcador negativo do jogo da ida da segunda fase da Copa Sul-Americana e garantir sua classificação para as oitavas de final do torneio. Jogando em casa, no estádio Serra Dourada, os goianos venceram o Fluminense por 1 a 0. O time carioca havia ganhado a partida na semana passada por 2 a 1, sendo eliminado pelos gols sofridos atuando em seus domínios.

Na próxima fase da competição, o Goiás irá enfrentar River Plate-URU ou Emelec-EQU.

O jogo

O Fluminense teve a primeira oportunidade da partida. Em cobrança de falta, Conca põe a bola na cabeça de Carlinho, que cabeceia, mas a bola bate do lado de fora da rede goiana.

A resposta do Goiás não demorou em sair. Aos 20, Tiago Real recebeu um lindo lançamento dentro da área, dribla o defensor e remata com força, obrigando o goleiro Felipe Garcia a fazer uma excelente defesa.

O clube carioca voltou a criar perigo na área goiana aos 29 da primeira etapa. Carlinhos veio pela esquerda, foi para a cima da zaga e conseguiu o drible. O lateral limpou e bateu, causando perigo ao gol goiano.

Perto do final do primeiro tempo da partida, o lateral Carlinhos, do Fluminense, sentiu uma fisgada na coxa esquerda e teve que ser substituído por Kenedy.

Após o intervalo, o Goiás não tardou em chegar ao seu gol. Logo aos dois minutos da segunda etapa, após cobrança de escanteio, Léo Veloso desviou o cruzamento, achando Erik na segunda trave, que apenas escora para empurrar a bola para o fundo da baliza.

Aos 17 minutos do segundo tempo, o Fluminense ficou com dez jogadores no gramado do Serra Dourada. Elivelton, que já tinha um amarelo, cometeu falta dura e recebeu a segunda advertência, recebendo consequentemente o vermelho.

Aproveitando a vantagem numérica, o Goiás se lançou ao ataque. Aos 26 minutos, Murilo desceu pela direita e rolou a bola para atrás. Esquerdinha chegou rematando de primeira, e Felipe Garcia espalmou.

Aos 33, princípio de confusão entre goianos e cariocas. Kenedy entrou forte em Murilo, e Thiago Mendes foi tirar satisfação com o jogador do Fluminense. O árbitro apartou e mostrou amarelo para os envolvidos no lance.

Ex-jogador do Goiás, Walter quase marcou contra o time que já defendeu. O atacante bateu forte, rasteiro, mas o goleiro Renan encaixa a bola, não dando rebote.

FICHA TÉCNICA -  GOIÁS 1 X 0 FLUMINENSE
Local:
Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 3 de setembro de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco Nascimento (Brasil)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Bruno Boschilia (ambos do Brasil)
Cartões amarelos: Valmir Lucas, Erik e Léo Veloso (Goiás); Henrique, Jean e Kenedy (Fluminense)
Cartão vermelho: Elivelton (Fluminense)

Gols
GOIÁS: Erik, aos dois minutos do segundo tempo

GOIÁS: Renan; Valmir Lucas (Rodrigo), Felipe Macedo, Jackson e Léo Veloso; David, Thiago Mendes, Murilo Henrique e Esquerdinha (Welington Junior); Erik e Tiago Real (Liniker)
Técnico: Ricardo Drubscky

FLUMINENSE: Felipe Garcia; Bruno (Walter), Henrique, Elivelton e Carlinhos (Kenedy); Diguinho, Jean, Cícero, Chiquinho e Conca; Fred (Marlon)
Técnico: Cristóvão Borges

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.