Tamanho do texto

Clube tenta se reformular depois de sua exclusão da Série B do Brasileiro pelo STJD. Gerente de futebol também mudou

A exclusão no Campeonato Brasileiro da Série B alterou drasticamente o cotidiano do Icasa. Após a decisão tomada pelo STJD, a diretoria rescindiu o contrato do técnico Leandro Sena e anunciou Vladimir de Jesus como novo comandante. O profissional comandou o Guarany de Sobral no primeiro semestre e levou o time à segunda fase da Copa do Nordeste.

Vladimir já deve comandar o Icasa neste domingo, diante do Iguatu, fora de casa, em partida válida pela Taça Fares Lopes. Conhecido no futebol nordestino, o treinador acumula boas passagens por Maranguape e São Benedito. No posto de preparador físico, trabalhou com Lula Pereira nos rivais Ceará e Fortaleza.

Entretanto, não foi apenas Sena que deixou o clube juazeirense. O ex-zagueiro André Turatto, que acumulava o posto de gerente de futebol, pediu demissão. Assim, assume o posto Emerson Maranhão, pontualmente.

Além de perder a vaga na Segunda Divisão do futebol brasileiro, o Icasa acabou multado em R$ 50 mil. Porém, poderá recorrer da decisão. No entanto, todas as partidas que envolvem o Icasa estão suspensas, sendo necessária uma ação judicial para que o duelo contra a Ponte Preta, marcado para a próxima sexta-feira, no Romeirão, ocorra.

Entenda o caso

O Icasa foi punido por recorrer à Justiça Comum, pleiteando uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série A, sem que todas as instâncias do segmento desportivo fossem consultadas. O clube acusou o Figueirense de escalar o volante Luan irregularmente, na partida contra o América-MG, disputada em 28 de maio. Entretanto, a CBF negou tal ação e viu o STJD arquivar tal denúncia.

Em abril, os cearenses conquistaram uma liminar na Quarta Vara Cível para atuarem na elite, mas o documento acabou cassado pela entidade que rege o futebol brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.