Tamanho do texto

Revelado pelo Atlético-PR, goleiro da Fiorentina foi titular no início da caminhada em Londres, mas acabou perdendo a vaga

Neto, goleiro da Fiorentina disputou as Olimpíadas de Londres com a seleção brasileira
Getty Images
Neto, goleiro da Fiorentina disputou as Olimpíadas de Londres com a seleção brasileira

As Olimpíadas de Londres, em 2012, foram uma montanha-russa para Neto, goleiro revelado pelo Atlético-PR que havia se transferido para a Fiorentina. Convocado inicialmente pelo técnico Mano Menezes para ser reserva da seleção brasileira, ele ganhou vaga entre os titulares depois de Rafael Cabral ser cortado devido a uma lesão no cotovelo. Mas, após as duas primeiras partidas, perdeu a vaga para Gabriel e não voltou mais ao time -- que chegou à final e foi derrotado pelo México.

Durante a preparação, o então comandante da seleção brasileira elogiou bastante Neto, mas admitiu preocupação com a falta de ritmo de jogo dele, já que era reserva no clube italiano na época. Muita coisa mudou desde então. A equipe nacional agora é dirigida por Dunga. Já o goleiro, aos 25 anos, se vê amadurecido e titular absoluto da Fiorentina. 

"Cresci muito, enfrentei dificuldades que me fizeram crescer", disse Neto ao iG Esporte . "Como pessoa, com certeza sou muito mais preparado e experiente para viver tudo o que tem acontecido. Hoje tenho uma bagagem, uma experiência maior para administrar coisas que antes não tinha", completou.

Neto começou as Olimpíadas de 2012 como titular, mas terminou no banco
iG Esportes
Neto começou as Olimpíadas de 2012 como titular, mas terminou no banco

Os primeiros dias na Fiorentina não foram fáceis. Neto admitiu que não esperava outra coisa a não ser chegar e se tornar dono da posição imediatamente, depois de tanto se destacar no Atlético-PR. Mas não foi isso o que aconteceu. Nas três primeiras temporadas na Itália, disputou apenas 14 jogos. "Conquistei meu espaço no momento em que estava preparado como pessoa", contou o goleiro.

As vendas de Boruc e de Viviano permitiram ao brasileiro começar a viver uma história diferente. A chance de mostrar serviço apareceu, e ele não desperdiçou. Na última temporada, estaleceu-se como titular da Fiorentina, que terminou o Campeonato Italiano em quarto lugar e classificada para a Liga Europa.

Neto: aos 25 anos, goleiro se consolidou como titular Fiorentina
Getty Images
Neto: aos 25 anos, goleiro se consolidou como titular Fiorentina

É a partir desta nova realidade que Neto imagina ser possível voltar a ser chamado pela seleção brasileira. "Quando você joga em clube de alto nível, que almeja um lugar alto na classificação e que tem grandes objetivos, você automaticamente se transforma em candidato à seleção. Se você está preparado e demonstra, as coisas acontecem naturalmente. Eu me esforço 200% nos treinos e nos jogos porque sei que é isso que resultará no reconhecimento necessário para me fazer retornar futuramente", afirmou.

Na lista de convocados da última semana, a primeira desta segunda passagem de Dunga pela seleção brasileira, Neto não foi incluído. Os dois goleiros chamados pelo treinador foram Jefferson e Rafael Cabral, o mesmo que foi cortado às vésperas das Olimpíadas.

"Não muda nada o pensamento", declarou Neto. "O momento vai chegar e é preciso estar preparado a hora que for. Não posso pensar em outras coisas e fazer projeções que não acontecem. Tenho de estar preparado para qualquer momento e não desanimar quando oportunidade não aparecer", finalizou.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.