Tamanho do texto

Time manteve a indefinição da escalação que enfrenta o São Paulo, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Pacaembu

O Palmeiras mudou o treino para a tarde deste sábado, escapou do protesto organizado por torcedores em frente à Academia de Futebol pela manhã e, sem a presença da imprensa, manteve a indefinição da escalação que enfrenta o São Paulo às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Pacaembu.

Com portões fechados, o clube informa que Ricardo Gareca promoveu coletivo de mais de uma hora, no qual definiu a equipe que iniciará o Choque-Rei. O treinador paralisou a atividades diversas vezes para acertar o posicionamento e as movimentações para o clássico.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

O Palmeiras relacionou cinco estrangeiros, limite imposto pela CBF. Dois deles são novidades: o meia chileno Valdivia, que não atua desde a Copa do Mundo e viajou por Emirados Árabes Unidos e Disney até voltar a treinar na semana passada, e o recém-contratado centroavante argentino Cristaldo. Ficaram fora o paraguaio Mendieta e os uruguaios Victorino e Eguren.

Em relação a quem participou da derrota para o Atlético-MG, também volta Wendel, que estava suspenso. A provável escalação palmeirense tem: Fábio; Wendel, Lúcio, Tobio e Victor Luis; Renato, Marcelo Oliveira, Allione e Valdivia; Mouche e Henrique.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.