Tamanho do texto

Clube ainda vai pagar R$ 120 mil ao jogador pela quebra de contrato. Preocupação agora é sair da zona de rebaixamento

André Santos no seu último jogo pelo Flamento
Getty Images
André Santos no seu último jogo pelo Flamento

Semanas após a crise interna provocada pelo caso, o Flamengo enfim anunciou, nesta sexta-feira, a rescisão do contrato do lateral esquerdo André Santos. Pelo acordo, o jogador ainda vai receber trinta parcelas de R$ 120 mil por conta da quebra de compromisso, que era válido até julho de 2015.

Veja a classificação completa, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileiro

André Santos fez seu último jogo pelo Flamengo na goleada de 4 a 0 sofrida para o Internacional, no dia 20 de julho. Após a partida, o jogador foi cercado e agredidos por torcedores organizados do clube na saída do Beira-Rio.

Dois dias depois, a diretoria rubro-negra teria comunicado ao lateral que seu contrato seria rescindido. Incomodado, André Santos chegou a dar entrevistas a veículos de imprensa confirmando o fato. Algumas horas depois, porém, dirigentes negaram publicamente a dispensa do atleta.

A direção do Flamengo garante que a agressão e os protestos da torcida não pesaram na saída de André Santos. A dispensa foi oficializada na noite desta quinta-feira, com a assinatura da rescisão, e comunicada em nota oficial nesta sexta.

O lateral foi contratado em 2013, a pedido do então técnico Mano Menezes, e, desde então, acumulou altos e baixos no Flamengo, pelo qual já havia passado entre 2005 e 2006. Na carreira, o jogador de 31 anos teve passagens por Figueirense, Atlético Mineiro, Corinthians, Fenerbahçe-TUR e Arsenal-ING, além de acumular convocações para a Seleção Brasileira.

Luiz Antonio ainda resolve problemas na Justiça e não enfrenta o Coritiba
Divulgação
Luiz Antonio ainda resolve problemas na Justiça e não enfrenta o Coritiba

Luiz Antônio continua fora
Após comandar um trabalho tático na manhã desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, o técnico Vanderlei Luxemburgo definiu o time do Flamengo que vai enfrentar o Coritiba neste domingo, no Couto Pereira, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Conforme já era esperado, algumas importantes modificações aconteceram em relação à equipe que derrotou o Sport por 1 a 0 na semana passada. A principal delas será a ausência do volante Luiz Antonio, que mais uma vez não apareceu para trabalhar, já que está liberado pelo clube para cuidar das supostas acusações de fraude e envolvimento com milicianos.

Sem Luiz Antonio, Vanderlei Luxemburgo promoveu a entrada de Márcio Araújo, que vai compor trio de volantes com Recife e com o argentino Héctor Canteros. Recife, por sinal, vai ocupar a vaga do paraguaio Victor Cáceres, suspenso por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo na partida contra os pernambucanos. Outra modificação acontece no ataque, onde Paulinho, ainda com dores na coxa esquerda, foi vetado. Melhor para Eduardo da Silva, autor do gol salvador contra o Sport e que vai começar entre os titulares.

O retorno do zagueiro Samir, recuperado de um estiramento muscular na coxa esquerda, não vai acontecer ainda. A hipótese chegou a ser ventilada no meio de semana, mas não levada adiante sob risco de agravar a situação do atleta. Assim, Marcelo segue como companheiro de Wallace no setor.

Sendo assim, o time para a partida contra o Coritiba, se nada de anormal acontecer até o início do jogo, terá: Paulo Victor, Leonardo Moura, Marcelo, Wallace e João Paulo; Recife, Márcio Araújo, Héctor Canteros e Everton; Eduardo da Silva e Alecsandro.

Após o treino desta sexta-feira a delegação já embarcou para a capital paranaense, onde neste sábado participa de um treino. Com 13 pontos conquistados, o Flamengo precisa de um triunfo para deixar a zona de rebaixamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.