Tamanho do texto

Luan diz que time já não tem a mesma pressão de figurar na zona de rebaixamento, mas pede dedicação para a sequência

Após a vitória no clássico regional contra a Chapecoense, resultado que tirou o time da zona da degola pela primeira vez no Campeonato Brasileiro, o elenco do Figueirense retomou os treinamentos nesta terça-feira, contente por ter se recuperado na competição, mas ciente de que o risco de voltar a figurar entre os quatro últimos da tabela existe.

Sob o comando de Argel Fucks, o time catarinense deixou o Z4 após 112 dias, mas permanece na zona de perigo, em 16º colocado. Apesar de o rebaixamento ser uma ameaça constante, o elenco afirma que a tranquilidade no dia a dia colabora para a realização de um bom trabalho dentro das quatro linhas.

"É uma semana mais tranquila, temos que manter a mesma pegada e dedicação. Será sem tanta pressão, mas durante os treinos a dedicação tem de ser a mesma, com todos se esforçando ao máximo", falou o volante Luan ao Diário Catarinense.

Dependendo do resultado diante do Atlético-MG, no domingo, em Florianópolis, o Figueirense pode voltar a figurar entre os quatro últimos, podendo até amargar a lanterna ao final da 15ª rodada, dependendo de uma combinação de resultados, já que as equipes que ocupam da 16ª a 19ª posição - Figueirense, Botafogo, Bahia e Flamengo - estão em igualdade de pontos, com 13 somados.

O técnico Argel ainda não sabe como vai armar o setor de meio-campo da equipe. Sem poder escalar Giovanni Augusto, que não pode atuar por cláusula contratual, pois seus direitos federativos pertencem ao clube mineiro, a comissão técnica espera contar com o canhoto Léo Lisboa, que vem se destacando nos últimos jogos, e estava se recuperando de incômodo no ombro direito.

Após entrar na segunda etapa contra a Chapecoense, o centroavante Marcão, recém-contratado junto ao Atlético-PR, pode fazer a estreia como titular do Figueirense diante do Atlético-MG, no lugar do contestado Ricardo Bueno.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.