Tamanho do texto

Alison foi expulso no clássico contra o Corinthians e prejudicou o time, que acabou perdendo por 1 a 0 na Vila Belmiro

A expulsão de Alison nos últimos minutos do clássico contra o Corinthians, no último domingo, foi fundamental para o time da capital vencer o Santos por 1 a 0 na Vila Belmiro e acabar com a invencibilidade do clube em casa nesta temporada. O jogador de 21 anos sentiu sua falha ainda em campo e chorou copiosamente antes de se dirigir ao vestiário.

"O Alison é um menino muito bom e vai superar isso. É claro que qualquer jogador no lugar dele também ficaria chateado, mas bola para frente", disse o volante Arouca, parceiro de Alison no meio de campo e que acabou sobrecarregado na segunda etapa com a ausência de seu companheiro.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Arouca, aliás, comentou o lance em que Alison recebeu o cartão vermelho e, apesar de não discordar da decisão do árbitro, isentou o santista de qualquer culpa. "Foi um lance casual, em que ele claramente não teve intenção de fazer a falta, mas aconteceu. Agora, resta trabalhar e dar a volta por cima, não pode ficar remoendo essa expulsão e isso tudo serve de experiência", afirmou.

Com a suspensão, Alison não encara o Cruzeiro, no próximo domingo, em Minas Gerais, e deve ser substituído por Alan Santos. Antes disso, o jovem volante deve jogar nesta quinta-feira, contra o Londrina, na Vila Belmiro, em duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.