Tamanho do texto

Vitória na Vila Belmiro sobre o Santos deixa o time de Mano Menezes a três pontos do Cruzeiro, líder do Brasileirão

Elias deixou o gramado da Vila Belmiro muito satisfeito com a vitória por 1 a 0 do Corinthians sobre o Santos. Vingar a goleada por 5 a 1 sofrida em janeiro, impor ao adversário sua primeira derrota no estádio na temporada ou fazer Robinho finalmente perder para o time do Parque São Jorge não são os motivos da alegria.

"Isso a gente deixa para a torcida. Claro que a gente veio com o intuito de vencer, mas eu não estava naquele jogo do Paulista, outros não estavam. Como o Mano disse, o tabu é para a história, mas não são os mesmos jogadores. São 11 contra 11", afirmou o volante.

Mais valorizado por ele foi a recuperação de pontos perdidos em casa. Conquistando algo que ninguém mais conseguiu até agora - derrubar o Santos na Vila -, o Corinthians ficou a três pontos do líder Cruzeiro e minimizou o prejuízo de maus resultados anteriores em São Paulo.

"A gente não está liderando o campeonato porque perdeu pontos em casa, contra Atlético-PR, Botafogo, Figueirense, pontos que a gente não costuma perder. Hoje, viemos determinados a conseguir a vitória", comentou Elias, mais uma vez figura-chave na equipe do Parque São Jorge.

Renato Augusto apresentou visão semelhante. Autor da cobrança de escanteio que resultou no gol de cabeça de Gil, o meia comemorou a aproximação ao topo da tabela de classificação. "O Campeonato Brasileiro é muito difícil. Conseguimos recuperar pontos que tínhamos perdido em casa."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.