Tamanho do texto

No jogo contra o Flamengo, treinador escolheu um jogador que fizesse a mesma função tática do titular machucado

O técnico Eduardo Baptista não quer que o Sport seja surpreendido pelo lanterna Flamengo , neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Maracanã. Isso porque o treinador lida com a ausência do volante Rodrigo Mancha, lesionado e desfalque importantíssimo. Dessa forma, o time da Ilha do Retiro entrará em campo com Ronaldo na vaga em aberto, opção nunca antes testada pelo comandante rubro-negro, mas que servirá para manter intacta a formação original dos 11 titulares.

Confira a classificação atualizada, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"O time está definido. Não quero mexer na estrutura da equipe e entra Ronaldo. Ele assume com a mesma função de Mancha", justificou.

Eduardo sabe da importância de vencer o duelo de rubro-negros, já que mais três pontos podem colocar no Sport no G-4, zona de classificação para a Libertadores. Com dez pontos ganhos até aqui, o Flamengo perdeu na última rodada e considera como obrigação uma vitória em casa.

"Também acho que o eles têm a obrigação de vencer no Maracanã. Assim como o Sport tem a obrigação de ganhar na Ilha. Precisamos ir lá e jogar para conquistar um ponto ou uma vitória. É importante pontuar", analisou o técnico.

A opção por Ronaldo, no entanto, não é à toa. Há duas jornadas, o jogador entrou no lugar de Rithely, que estava suspenso, e agradou o treinador. Porém, nunca entrou no lugar de Rodrigo Mancha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.