Tamanho do texto

Último encontro entre os rivais pernambucanos na competição aconteceu em 2005, quando o Santa Cruz venceu por 1 a 0

Neste sábado, Santa Cruz e Náutico protagonizam um dos duelos mais tradicionais desta edição da Série B do Campeonato Brasileiro: o Clássico das Emoções. O confronto está marcado para as 16h20 (de Brasília), no estádio Arruda, e é válido pela 15ª rodada da competição. O último encontro das equipes ocorreu em março deste ano, pelo Campeonato Pernambucano. Na ocasião, o time coral venceu por 5 a 3, fora de casa. Pela segunda divisão, o último embate aconteceu em 2005, quando o Santa Cruz triunfou por 1 a 0, em casa.

Com o objetivo de chegarem ao G4 e garantirem uma vaga na elite do futebol, ambas as equipes precisam de um triunfo. O anfitrião aparece na 11ª colocação da tabela, com 19 pontos, enquanto o Náutico está em 13º lugar, com 18.

Vindo de derrota por 3 a 2 para o Santa Rita, na Copa do Brasil, e mantendo o mistério sobre a escalação, o técnico coral, Sérgio Guedes, não revelou quem irá a campo neste sábado e, até mesmo, fechou boa parte do treinamento de véspera.

Porém, sabe-se que a principal dúvida do treinador é sobre o substituto do meia Danilo Pires, suspenso. Caso opte por um time mais ofensivo, Natan e Wescley são os mais indicados. Entretanto, as frequentes falhas de marcação da equipe dão ao volante Bileu a esperança de ser o escolhido.

"Eu acho que o Bileu tem chances. Bileu tem similaridades com Danilo, porque sai e chega forte. É uma possibilidade. Treinamos sempre um pouco de tudo e avaliando possibilidades de troca", afirmou o comandante.

Sérgio Guedes justificou a postura misteriosa por conhecer o técnico do adversário, Sidney Moraes. "Respeitamos a tradição, mas a gente já tem mais ou menos ideia das características. Apenas uma peça deve jogar ou não, mas a gente sabe como o Sidney pensa futebol, pois comandei ele (no Santo André). Temos amizade e trocamos informações sobre os adversários. Assim, eu sei como ele pensa, e ele sabe o que eu penso. Por isso, a gente se respeita".

Do outro lado, o técnico Sidney Moraes também prefere manter o sigilo sobre a escalação. Porém, nos últimos treinos, foi possível notar a possibilidade de mudanças em relação à equipe que venceu o Icasa por 1 a 0, na última terça-feira.

A dupla de zaga William Alves e Edvânio deve dar lugar aos estreantes Mário Risso e Renato Chaves, regularizados na noite desta quinta-feira. Outra modificação deverá ser a entrada do lateral esquerdo Roberto na vaga do volante Paulinho, suspenso.

Embora tente minimizar a ansiedade por disputar seu primeiro clássico pernambucano, Sidney revelou que pensa na partida com uma expectativa especial.

"Se trata de uma excelente oportunidade. É o tipo de jogo que todo mundo gosta de jogar. Mexe com a cidade e com a torcida. E comigo não é diferente. Mas vale três pontos como qualquer outro jogo da Série B".

FICHA TÉCNICA
SANTA CRUZ X NÁUTICO

Local: Estádio Arruda, em Recife (PE)
Data: 9 de agosto de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (Fifa-RJ)
Assistentes: Clovis Amaral da Silva (ASP-Fifa-PE) e Albino Andrade Albert Junior (PE)


SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Tony, Everton Sena, Marllon, Renatinho; Sandro Manoel, Everton, Bileu (Natan), Carlos Alberto, Léo Gamalho e Pingo
Técnico: Sérgio Guedes

NÁUTICO: Alessandro; Neílson, Mário Risso, Renato Chaves e Raí; Gilmak, Elicarlos e Roberto; Marinho e Marcos Vinícius; Tadeu
Técnico: Sidney Moraes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.