Tamanho do texto

Aos 27 anos, jogador do Manchester City mostrou decepção com a falta de oportunidades no time de seu país natal

Em declarações à imprensa inglesa, o meia Samir Nasri afirmou que pretende se aposentar da seleção francesa, decisão que deve ser oficializada nas próximas semanas. Aos 27 anos, o jogador do Manchester City mostrou decepção com a falta de oportunidades no time de seu país natal.

"Nunca ganhei nada com a seleção. É mais fácil tomar uma decisão dessas assim do que quando já se ganhou algo. Tomei essa decisão faz algum tempo e irei anuncia-la no momento certo", revelou o meia francês ao Sky Sports .

Apesar de ser peça importante do Manchester City na conquista de dois títulos do Campeonato Inglês nos últimos três anos, Nasri foi ignorado por Deschamps e sequer foi pré-convocado pela França para a Copa do Mundo de 2014. Um dos pontos especulados pela imprensa francesa para a decisão é o forte temperamento do atleta.

Um dos jogadores de maior renome do futebol francês na atualidade, ao lado de Franck Ribery e Karim Benzema, Nasri também foi descartado na Copa de 2010, ficando de fora da lista de Raymond Domenech, em outra decisão contestada. Em ambos os casos, o meia se mostrou decepcionado, mas afirmou que já esperava não ser chamado e que respeitava as escolhas dos treinadores.

Seu melhor momento na França foi sob o comando de Laurent Blanc, quando era titular e capitão do time. O técnico deixou o time após a eliminação nas oitavas de final da Euro de 2012, sendo substituído por Deschamps. Caso confirme a aposentadoria nacional, Nasri irá ficar de fora da Eurocopa de 2016, sediada na França, e encerrar a carreira sem disputar nenhuma Copa do Mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.