Tamanho do texto

Com Dagoberto, Alisson e Borges se recuperando de lesão, atacante ganhou chance no time titular do líder do Brasileirão

O atacante Marquinhos chegou ao Cruzeiro durante a parada para a realização da Copa do Mundo e não perdeu tempo para aproveitar a chance de atuar no time. Com Dagoberto, Alisson e Borges se recuperando de lesão, o atleta ganhou chance com o técnico Marcelo Oliveira e virou titular da equipe.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Fico feliz por ter esses companheiros, Willian, Alisson, de volta aos trabalhos e os outros que estão também procurando o seu espaço. É uma disputa saudável, amigável, cada um querendo o seu lugar no time. É bom para o treinador e para o Cruzeiro. É importante estar todo mundo disponível para quando o professor precisar", disse.

Para a partida contra o Botafogo, Marquinhos deve ser mantido na equipe titular. Ele considera o jogo perigoso, pois imagina que o adversário terá de vir para cima do líder da competição e buscar a vitória a qualquer custo para se recuperar dos últimos resultados ruins. "Jogar contra o Botafogo é muito difícil, respeitamos o adversário, uma equipe que vai querer ganhar o jogo, que virá para cima. Conheço o trabalho do Mancini, sei que vai dar o melhor para o Botafogo ganhar a partida, mas temos que fazer a nossa parte", afirmou.

Sobre os elogios que vem recebendo no Cruzeiro, Marquinhos fica satisfeito, mas sabe que não pode se acomodar. "Sei que não posso tirar os pés do chão. É muito bom estar recebendo elogios, mas não devo deixar subir para a cabeça. O Campeonato é longo, é difícil, vários adversários difíceis. Temos que fazer o nosso papel que é mais importante, vencer e continuar no ponto mais alto da tabela", ressaltou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.