Tamanho do texto

Grondona tinha 82 anos e morreu depois de sofrer fortes dores no peito e ser internado em hospital de Buenos Aires

Julio Grondona esteve no Maracanã na final da Copa do Mundo. Ele tinha 82 anos
Gustavo Ortiz/LatinContent/Getty Images
Julio Grondona esteve no Maracanã na final da Copa do Mundo. Ele tinha 82 anos

O presidente da Associação Argentina de Futebol (AFA) e vice-presidente da Fifa, Julio Grondona, morreu nesta quarta-feira, em Buenos Aires, por causa de problemas cardíacos. O dirigente, de 82 anos, foi encaminhado ao hospital Sanatório Mitre depois de reclamar fortes dores no peito e não resistiu.

Presidente da AFA desde 1979, Grondona foi envolvido numa polêmica durante a Copa do Mundo deste ano. Seu filho Humberto foi acusado de negociar ingressos destinados pela Fifa aos dirigentes de federações.

O mandatário sentiu fortes dores no peito na última noite, e seria submetido a exames para avaliar seu estado de saúde. Ele não chegou a ser operado. Grondona era aguardado para conduzir a última entrevista coletiva de Alejandro Sabella como técnico da seleção argentina nesta quarta. Com sua morte, a AFA cancelou todas suas atividades do dia e adiou a entrevista. A entidade decretou luto de sete dias. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.